Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Porto icon-chevron-right Os 20 melhores brunches no Porto e arredores

Os 20 melhores brunches no Porto e arredores

Em modo buffet, à carta ou em menu, estes são os 20 melhores brunches no Porto e arredores. Devore-os.

Por Editores da Time Out Porto |
Publicidade
Nicolau Porto
© Marco Duarte Panquecas do Nicolau Porto

O Porto é conhecido pela boa comida, mas não se deixa ficar apenas pelos pratos tradicionais. Também somos mestres na arte de dominar ovos, panquecas, tostas e bebidas de café. E tudo isto está incluído nesta lista com os 20 melhores brunches no Porto e arredores. Seja num mercado de frescos ou numa guest house, durante a semana ou nos dias de descanso, há duas coisas que estão garantidas: mesas fartas e comida boa e muito fotogénica. Se nunca sabe onde ir, aqui vai encontrar as respostas. De nada.

Recomendado: 15 sítios para beber café de especialidade no Porto

Os 20 melhores brunches no Porto e arredores

1
Zenith Brunch & Cocktails Bar
© Marco Duarte
Restaurantes, Cafés

Zenith Brunch & Cocktails Bar

Baixa

Mencionado em jornais nacionais e internacionais e mais fotografado do que o presidente Marcelo, o Zenith Brunch & Cocktail Bar é um local obrigatório quando o assunto é brunch. Não tem menus fixos, mas variadas opções, como o banana bread (6,50€), a tapioca de frango, cheddar e abacate (8,50€), os ovos Zenith, escalfados, panados e servidos com molho holandês (9€), e a shakshuka vegan, um refogado de pimentos e tomate que leva tofu, cogumelos e espinafres (11€). Para regar a refeição, tem bebidas de café de especialidade e sangrias que o vão deixar mais bem disposto.

2
Do Norte Café
© João Saramago
Restaurantes, Cafés

Do Norte

Galerias

O Do Norte Café & Terrace está instalado numa antiga loja de ferragens e é inspirado não só no norte de Portugal, mas também no "da Rússia e no dos países escandinavos", explica a russa Maria Kulagina, uma das proprietárias. Na carta há dois menus de brunch, que são servidos entre as 09.00 e as 16.00, todos os dias. O tradicional inclui ovos mexidos, bacon, salsicha grelhada, cogumelos caramelizados com cebola roxa, tomates grelhados, tostas com manteiga e compota, iogurte com frutas, e latte, chá ou sumo de laranja. Já no brunch do Norte, o bacon e a salsicha são substituídos por abacate, salmão e espinafres, uma versão mais saudável (12,95€). Outra das apostas é o All I Need, "uma alternativa ao brunch", com batata doce, abacate, queijo fresco, tomates, ovos mexidos, bacon e pesto (7,90€).

Publicidade
3
Vícios de Mesa
© DR
Restaurantes, Pizza

Vícios de Mesa

Santa Catarina

De dia é um restaurante descontraído, com boas pizzas e saladas; à noite, um dos melhores sítios da cidade para beber um copo e ouvir boa música. Mas ao domingo, entre as 12.00 e as 16.00, o restaurante do Maus Hábitos transforma-se numa meca do brunch, com três menus disponíveis: o mini-brunch (10,50€), o brunch para um (15,50€), e o brunch para dois, para partilhar (31€). Os ovos, as panquecas com lemon curd e ricota da casa, e o refill de café americano e limonada são comuns aos três, mas há outras especialidades para provar, como as quesadillas e a mousse de chocolate negro. Se preferir, pode optar pelo brunch à la carte, com preços que vão dos 2,50€ aos 6€.

4
brunch café rivoli
© Cláudia Paiva
Restaurantes, Restaurantes

Café Rivoli

Santa Catarina

Aos sábados e aos domingos, entre as 12.00 e as 16.00, o Café Rivoli, instalado no terceiro piso do teatro com o mesmo nome, tem disponível um brunch em versão buffet com muitas alternativas saudáveis. Por 13€ para adultos e 5€ para crianças, o menu inclui uma sopa, um prato quente e muitas outras coisas que pode comer e beber repetidamente. Como o iogurte com muesli, as saladas, as mini-focaccias, as sobremesas, o pão, o sumo de fruta, e outros.

Publicidade
5
7groaster
© WOW Agency - Brand Energizers
Restaurantes, Cafés

7groaster

Vila Nova de Gaia

Anda à procura de um brunch vegan? Não procure mais. Aqui pode encontrá-lo disponível todos os dias. Custa 17€ e inclui pão rústico, doce e manteiga vegetal, muffin e queijo vegan, açaí com granola caseira e fruta, hambúrguer de legumes e mini tosta de abacate. Para beber há sumo de laranja, café de filtro, cappuccino com leite vegetal e expresso. Neste espaço em Gaia, dedicado ao café de especialidade de várias origens, moído à frente do cliente, há outros dois menus de brunch, sempre disponíveis, a 12€ e a 16€. Neles pode provar, entre outras coisas boas, os velhotes da Braguesa, uns pães doces feitos à base de ovos e açúcar, tradicionais de Vila Nova de Gaia.

6
brunch miss pavlova
© Marco Duarte
Restaurantes, Salas de chá

Miss Pavlova

Galerias

Há coisas boas a dizer sobre o concorrido Mr. Brunch da Miss Pavlova, mas o facto de poder ser pedido a qualquer hora é bem capaz de ser a melhor. Mas há outras: funciona à carta, ou seja, pode escolher o que quer comer; tem uma enorme variedade de ovos (para muitos, um factor eliminatório na escolha de brunches); e, claro, a possibilidade de escolher uma fatia de pavlova para terminar a refeição. Se optar pelos ovos benedict com bacon (3,80€), pela tosta de abacate e ovo escalfado (3,60€) e pela panqueca exótica com curd de maracujá (5,30€) vai sair de lá feliz. Já não tem barriga para a fatia de pavlova? Leve-a para casa.

Publicidade
7
Negra Café Matosinhos
© Valéria Martins
Restaurantes, Cafés

Negra Café Matosinhos

Matosinhos

A maravilha do brunch é que não tem regras horárias como as restantes refeições. Isso significa que se lhe der a fome durante qualquer hora do dia pode rumar ao Negra Café Matosinhos, um dos três spots da marca. Apesar de não ter um menu fixo de brunch, há uma carta bem recheada de pratos saudáveis e de alternativas como as smoothie bowls (6,50€), os bolos à fatia (3,20€) e os ovos escalfados em tomate (8,50€).

8
Nicolau Porto
© Marco Duarte
Restaurantes, Cafés

Nicolau Porto

Baixa

Um dos cafés mais famosos de Lisboa chegou ao Porto com uma carta completa e cheia de alternativas para todas as horas. Para brunch, há várias opções à carta, como a poke bowl de salmão (10€), a tosta com hummus de beterraba (5€), a tapioca de queijo, fiambre e tomate (5,50€) ou a shakshuka (7€). Se não lhe apetecer pensar muito, escolha o menu de brunch (15€), com sumo de laranja, ovos mexidos com bacon ou cogumelos, panqueca, iogurte ou overnight oats e café. Bom apetite.

Publicidade
9
Mafalda's
© João Saramago
Restaurantes, Cafés

Mafalda's

Matosinhos

É por entre bancas de fruta, carne e peixe que vai encontrar um café/restaurante onde pode adoçar o apetite ao sábado. Das 10.00 às 16.00 com brunch à carta e das 12.00 às 16.00 com um menu brunch Mafalda's (12,50€) sempre diferente. Shakshuka, tosta de hummus com pimento assado, scones com marmelada caseira, strudel de maçã e tarte de lima vegan são algumas das coisas que pode encontrar por lá. O espaço é pequeno por isso é importante reservar. Dica: como está num mercado, aproveite e faça umas compras para casa depois do repasto.

10
Garden Porto
© João Saramago
Restaurantes

Garden Porto Café

Santa Catarina

Este espaço junta os brunches ao street food internacional. Isto significa que tanto pode fazer refeições cheias de ovos e panquecas, como comer waffles e beber cocktails. As panquecas de abóbora (6,50€), a french toast (7€), os ovos escalfados com molho bbq (8,50€) e as bebidas que servem são boas sugestões para passar umas horas à mesa com os amigos. Fica a dica. 

Publicidade
11
Chá das Cinco
© Marco Duarte
Restaurantes, Confeitarias

Chá das Cinco

Bonfim

Nesta casa de chá/cafetaria/pastelaria no Bonfim, o brunch é uma das estrelas. Há três menus disponíveis e o completo, a 16€, inclui granola, torrada com queijo e ovos bio (podem ser estrelados ou mexidos), três panquecas com mel e manteiga, pastelaria do dia, sumo do dia e café. O saudável custa 13€ e tem açaí, tosta de hummus e um smoothie; o fresco, a 14,50€, dá-lhe direito a iogurte e fruta, salada de quinoa e torrada de abacate e ovo.

12
Mercador Café
© João Saramago
Restaurantes, Cafés

Mercador Café

Flores

Neste café, cujo nome presta homenagem a Afonso Martins Alho, famoso comerciante da cidade no século XIV, a história tem a sua marca, mas a comida está a tornar-se numa bela concorrente também. Aqui não há um menu fixo de brunch, mas há vários pratos que pode pedir a qualquer hora, de segunda-feira a sábado, entre as 09.00 e as 19.00. Os ovos são uma especialidade, por isso não lhes resista. Peça os Royale, escalfados e servidos com salmão fumado e molho holandês num pão inglês tipo muffin (6,50€), ou os ovos no forno, com cogumelos, alheira e espinafres (5,50€). Ao repasto, junte a tosta de abacate, um clássico nos brunches de hoje (7,50€), e umas panquecas – opte pelas que são servidas com iogurte grego, fruta e mel (5,50€).

Publicidade
13
Em Canto
© João Saramago
Restaurantes, Restaurantes

Em Canto

Flores

No lugar da mítica Adega do Olho abriu, recentemente, o Em Canto. Mais virado para as refeições diurnas (apesar de também servir jantares ao fim-de-semana), é um bom sítio para pequeno-almoço, brunch e almoços leves. O menu mais completo de brunch custa 19€ e inclui uma selecção de padaria, compotas e manteiga, um prato da carta como as quesadillas de camarão ou a salada de queijo de cabra, uma panqueca dutch baby, sumo de laranja ou limonada, café ou chá. 

14
O Diplomata
© DR
Restaurantes, Cafés

O Diplomata

Galerias

Sim, as almofadas até podem ser fofinhas, mas as panquecas d’O Diplomata são mais. E isso é um bom motivo para trocar umas pelas outras, não acha? Duas panquecas simples (leia-se com manteiga e mel), uma bebida fria e uma bebida quente são os itens comuns aos quatro menus de brunch (entre 6€ e 10€), disponíveis diariamente até às 16.00. Neste que já foi o café dos escritores, com uma nota de 10€ pode optar por um menu que inclui ainda feijão, tomate, cogumelos, ovos mexidos e bacon, ou por outro com ovos mexidos, bacon e uma taça de açaí. No Consulado, espaço do mesmo grupo, os menus de brunch funcionam da mesma forma.

Publicidade
15
Rosa et Al
© DR
Restaurantes

Rosa et Al Townhouse

Cedofeita

Se houvesse um concurso para eleger o melhor brunch da cidade em várias categorias, o Rosa Et Al arrecadava alguns prémios, entre eles o de brunch mais fotogénico e mais fora da caixa. O iogurte com granola é sempre bem-vindo, mas é difícil fazer-se lembrar quando concorre, por exemplo, com ovos Florentine, com espinafres e molho de pepino e menta, servidos em pão de fermentação natural (13€). Na lista encontra também um croque monsieur com queijo flamengo e bacon de Ponte de Lima (10€) e papas de cevada com chocolate 70%, ameixas pretas e crème fraîche (6€). Este brunch é servido todos os dias entre as 09.00 e as 16.00. E se quiser petiscar mais coisas boas, pode ir ao Early, dos mesmos donos, na Rua dos Bragas.

16
panquecas do apartamento café
© DR
Restaurantes

Apartamento Café

Baixa

Como não há duas sem três, no Apartamento tem a oportunidade de escolher entre três menus de brunch, disponíveis todos os dias da semana. O primeiro custa 7,50€ e é composto por duas tostas com ovo, um croissant com compota, uma limonada e um café. Caso lhe apeteça um crepe doce, opte pelo segundo, a 9,50€, que acrescenta também aos ovos uma salada e um sumo de laranja natural. Se quer tudo a que tem direito, então, o mais indicado para si será o terceiro menu (12,50€). É ainda composto por um crepe com ovo, fiambre e queijo, seis panquecas (uma montanha, portanto) e um cappuccino para acompanhar.

Publicidade
17
Camélia Brunch Garden
© DR
Restaurantes

Camélia Brunch Garden

Foz

Este espaço fica na Foz e, através do nome, presta homenagem à flor do Porto. A carta está cheia de coisas boas para devorar. O menu de brunch custa 12,50€ e inclui sumo do dia, ovo Benedict ou tosta de frango, panqueca de Nutella ou manteiga de amendoim, café ou chá. Se não quiser optar pelo menu, escolha à carta. Há guacamole com nachos (4,50€), bowl de frango (5€), tapioca do mar (6,50€) e muito mais. A vista para o rio é outro ponto a favor.

18
Moustache Coffee House
© João Saramago
Restaurantes, Cafés

Moustache Coffee House

Baixa

Para efeitos históricos é importante dizer que o Moustache é a coffee house mais antiga do Porto. Começou em 2012 a mudar a cultura de café da cidade e reabriu recentemente depois de umas obras no espaço e umas alterações na carta. As bebidas de café continuam por lá, assim como os bolos, mas agora também há alternativas de brunch como os ovos Florentina (7€), os peixinhos da horta (a partir de 7€), a sandes de pastrami (8,50€) e salada de salmão fumado (10,50€).

Publicidade
19
Nola Kitchen
© DR
Restaurantes, Cafés

Nola Kitchen

Galerias

No Nola Kitchen, o brunch é "o pequeno-almoço sem relógio", dizem. E isto significa que o pode pedir entre as 09.00 e as 18.00, todos os dias, excepto à quarta-feira, dia de descanso semanal. Neste spot saudável, onde as palhinhas são de vidro, os tecidos são orgânicos e onde se pode empanturrar sem ficar com peso na consciência, há quatro menus à escolha. Com o Late Brunch (17,50€) tem direito a um sumo, uma tosta, uma bola energética e um café, mas há outras opções, como o brunch vegan e o sem glúten.

20
Bird of Passage
© João Saramago
Restaurantes, Cafés

Bird of Passage

Baixa

As bebidas de café são as estrelas neste espaço perto da Batalha. Do americano, ao cappuccino, passando pelo latte, há muito por onde escolher. Mas para comer também há várias opções. Rabanadas sazonais (6,50€); pão de banana (2,50€); tosta de ovos Benedict (7,50€), ovos rancheros (8€) e sandes de pastrami (8€) podem perfeitamente integrar o seu brunch. Vantagens? Escolhe o que quer comer, sem imposições, e à hora que lhe apetecer.

Para barrigas felizes

Miss Pavlova
© Marco Duarte
Restaurantes, Cafés

As melhores panquecas no Porto

Tornaram-se moda nos brunches, mas não podem nem devem ficar confinadas a uma só refeição. Ao pequeno-almoço, almoço (sim, há panquecas salgadas), num brunch ou ao lanche, há panquecas incríveis para provar por toda a cidade, seja em locais já consagrados como O Diplomata, na Baixa, ou outros mais recentes, como o Nicolau, que acaba de chegar à cidade. À mesa, chegam-lhe em doses que variam de acordo com o sítio e a sua fome. Para as completar, há toppings para todos os gostos, desde fruta da época, a mel, M&M's, leite condensado, caramelo e granola. Recomendado: Três sítios para comer pavlova no Porto

Il Pizzaiolo
© Marco Duarte
Restaurantes

Os 50 melhores restaurantes no Porto

O Porto é para se viver de garfo e faca na mão. Porque não queremos que lhe dê a fraqueza enquanto percorre os quatro cantos da cidade, aqui tem uma lista feita à sua medida. Estes são os 50 melhores restaurantes no Porto, escolhidos a dedo pelos críticos e especialistas em Comer e Beber desta revista. E vai encontrar um pouco de tudo por aqui. Temos restaurantes com comida tradicional e outros com pratos de autor. Uns mais virados para a carne e outros mais orientados para a comida saudável. Em suma, um resumo do melhor que se faz na restauração portuense. Aproveite. Bom apetite. Recomendado: Os melhores bares no Porto

Publicidade
Reitoria - Ovos Rotos
©João Saramago
Restaurantes

Os melhores pratos com ovos no Porto

Há poucos ingredientes tão versáteis quanto o ovo, que cai bem em qualquer refeição. Do pequeno-almoço ao jantar, pode ser apresentado de mil e uma formas. Fritos, mexidos, escalfados e cozidos, sobre fatias de pão ou rodelas de batatas, estes são apenas alguns exemplos de como os ovos podem ser apreciados à mesa. Na Invicta não faltam restaurantes que sabem tirar o melhor partido deste ingrediente, por isso, preparámos-lhe esta lista com os melhores pratos com ovos no Porto. Agora é só escolher. Bom apetite. Recomendado: Os 10 melhores brunches no Porto

Reitoria - Vazia Espanhola
©DR
Restaurantes

Os melhores restaurantes na Baixa

Nesta lista encontra os melhores restaurantes da Baixa portuense que prestam culto à comida boa e bem feita. Por aqui vai encontrar comida tradicional portuguesa representada por bons cozidos e pratos de bacalhau no forno; comida do mundo, como ramens, pizzas napolitanas e baos bem recheados, mas não só. Também temos comida saudável, representada por tábuas, tostas, saladas e wraps cheios de legumes e frutas; e ainda espaços que se dedicam ao fine dinning, com pratos de autor, feitos por chefs a pensar em si. Guarde esta lista consigo e bom apetite.  Recomendado: 31 coisas incríveis para fazer no Porto 

Publicidade