Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Jeffrey Tambor sai de Transparent depois de também ser acusado de assédio sexual

Jeffrey Tambor sai de Transparent depois de também ser acusado de assédio sexual

Publicidade

A saída do protagonista da premiada série Transparent, a passar no TvSéries, ainda não foi oficialmente confirmada, mas o actor já disse não ter condições para continuar, depois de ter sido acusado de assédio sexual por duas mulheres, ambas ligadas à série.

Jeffrey Tambor, o pai transgénero de Transparent, que conquistou tudo e todos, inclusive um Globo de Ouro e dois Emmys, tem negado todas as acusações, mas admite que continuar na série da Amazon já não faz sentido.

O actor de 73 anos garante que não é “um predador” e que as acusações da actriz Trace Lysette, que entrou em alguns episódios da quarta temporada da série, não têm fundamento. Lysette foi a segunda mulher a acusar Tambor de assédio sexual. A primeira pessoa a lançar o escândalo foi a actriz Van Barnes, antiga assistente do protagonista. A Amazon reagiu prontamente, afirmando estar a investigar estas acusações, não se tendo voltado a pronunciar sobre o assunto.

Na semana passada, Jeffrey Tambor pediu desculpa por alguma acção sua ter sido “erradamente interpretada por alguém como uma agressão sexual”, garantindo nunca ter tido a intenção de ofender ou magoar. Mas apenas isso. Jeffrey Tambor defende não ter mais nada a dizer em relação às acusações, uma vez que não se vê representado nelas.

Já neste domingo, Tambor emitiu um novo comunicado: “Já deixei claro o meu profundo arrependimento por qualquer acção minha que tenha sido mal interpretada por alguém como sendo agressiva, mas a ideia de que eu assediaria deliberadamente alguém é completamente falsa”, começa por dizer o actor. “Tendo em conta o ambiente politizado que parece ter chegado à nossa série, não vejo como é que posso regressar”, continua.

A quinta temporada da série está confirmada há muito tempo, devendo estrear-se para o ano, mas com este impasse não se sabe o que acontecerá aos Pfefferman. Tambor é Maura Pfefferman, um pai de família que decide mudar de sexo.

Transparent estreou-se em 2014 e tem sido a grande aposta da Amazon. Segundo a BBC, o serviço de streaming está já a estudar como é que a série pode continuar sem o seu protagonista.

As acusações a Jeffrey Tambor surgem numa altura em que o assédio sexual está no centro da discussão em Hollywood. Tudo começou com as acusações ao produtor norte-americano Harvey Weinstein. Seguiram-se nomes como Kevin Spacey e Louis C.K., que têm sido entretanto afastados dos seus muitos projectos.

+ Netflix corta relações com Kevin Spacey

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade