A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Pesqueiro 25: é fresco, é nacional e fica no Cais do Sodré

Por
Ines Garcia
Publicidade

Do camarão à santola, das amêijoas aos cavacos, tudo é fresco e nacional na nova marisqueira do Cais do Sodré

A fórmula já vem estudada de São Martinho do Porto, onde João Diogo Mendes, um dos proprietários e chef principal, abriu o primeiro Pesqueiro 25 (no número 25 da Rua Cândido dos Reis) há menos de um ano, e agora é replicada na Rua Nova do Carvalho. Aqui a vista não é para o mar mas antes para a histórica discoteca Jamaica, na rua cor-de-rosa. A localização estranha-se, mas depois entranha-se, e o que conta é a ementa, muito semelhante à da casa-mãe – faltam-lhe só os pratos de peixe, que, por enquanto e devido à cozinha mais pequena, ficam para outras núpcias.

“Recebemos o marisco vivo todos os dias”, conta João Mendes. Vem de Peniche, da Lourinhã, Setúbal, Açores ou Berlengas, e depois é trabalhado da forma “mais simples e natural” possível. “O segredo dos mariscos é a parte da cozedura. Não podemos inventar muito. Queremos oferecer o verdadeiro sabor a mar”, acrescenta César Lourenço, o outro sócio.

Entre as especialidades da casa estão a sopa de lavagante com ovas (6,25€), o arroz de marisco (64,25€ para duas pessoas) ou de lavagante (76,25€ para dois). A amêijoa real, ao natural ou à Bulhão Pato, apanhada na Lagoa de Óbidos, costuma ser dos petiscos com mais adeptos também. As tábuas de marisco são outro dos grandes ex-líbris (64,25€ para duas/três pessoas): basta dizer o que gosta e não gosta e vêm bem recheadas. Para rematar há o clássico prego do lombo (9,25€) e uma alternativa para quem não é apreciador de marisco mas não resiste ao convívio da mariscada com amigos, o bife do lombo à pesqueiro (21,25€).

Rua Nova do Carvalho, 15 (Cais do Sodré). 91 924 5438. Ter-Dom 12.00-01.00.

+ As melhores cervejarias em Lisboa

+ Os melhores restaurantes de peixe e marisco em Lisboa

Últimas notícias

    Publicidade