A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Playgroups: miúdos, brincadeira, acção

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

Os playgroups foram feitos para entreter a criançada (e conseguem dar pano para mangas para conversas entre pais)

Foram feitos a pensar nos miúdos que ainda não frequentam a escola e, por isso, não têm outros com quem brincar – ou a quem puxar cabelos. Teresa Fialho é fundadora de um desses grupos de brincadeira em Lisboa onde a ideia é que crianças se juntem a outras, dentro da mesma faixa etária, e brinquem, sempre acompanhadas pelos pais.

“Tenho dois filhos e tinha muita dificuldade em ir para os parques na cidade para que eles pudessem brincar com outros miúdos”, explica Teresa, que queria ver desenvolvida a componente social dos filhos. “Foi uma necessidade criar este grupo, o Let’s Play, onde o objectivo é juntar crianças num parque para que se divirtam entre elas, e que para as mães e pais que acompanham os filhos acaba por ser também uma forma de partilhar ideias da maternidade e conviver”.

No Let’s Play, pais e filhos reúnem-se no Parque Quinta da Alagoa, em Carcavelos, todas as terças e quintas às 10.30 e as actividades são planeadas através do grupo do Facebook com o mesmo nome. Qualquer um pode ir e levar os gaiatos atrás. É, aliás, através da rede social que a maioria destes grupos funciona, uma vez que quem os dinamiza são os próprios pais.

“Há mães muito dinâmicas que têm promovido actividades noutros grupos, e o bom disto tudo é que são gratuitos. É dar aos nossos filhos a oportunidade de estar com outras crianças sem ter de pagar actividades extra”, diz Teresa Fialho.

Parque Quinta da Alagoa (Carcavelos). Ter e Qui 10.30.

+ HelloPark: o novo parque infantil (que é adultos-friendly)

+ Uma aldeia em Lisboa para miúdos e graúdos

Últimas notícias

    Publicidade