13 passeios em Lisboa sobre rodas (ou bem montado)

Sobre rodas, em número variado, ou na companhia de cavalos e burros, siga este roteiro de passeios em Lisboa bem esperto, para dar algum descanso às pernas.
Passeio de sidecar da Bike my Side
ManuelManso Passeio de sidecar da Bike my Side
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

É uma forma de passear mesmo que a preguiça espreite. Num autocarro turístico, num típico ascensor, ou à boleia de um clássico cheio de estilo, não faltam opções na capital e ainda um pulo a Sintra para um passeio em simpática companhia. Conheça alguns dos melhores passeios em Lisboa sobre rodas (ou bem montado). 

13 passeios em Lisboa sobre rodas (ou bem montado)

1
Bike Bar Tour
©DR

Se conduzir a Bike Bar, beba

Ao escalar para cima de um dos 12 selins deste bar ambulante há uma informação que nos descansa: nunca ninguém caiu e esta bicicleta e bar comunitário nunca se virou. Nem mesmo no momento em que se inverte o sentido de marcha e rasa o limite do passeio, o momento mais ousado da viagem por causa da forte suspeita de que vamos parar ao rio. Este bike bar – é o nome oficial deste veículo – começa no Café In, perto do MAAT, e segue em direcção às Docas, para depois voltar para trás num percurso que dura uma hora com algumas paragens. Vão-se servindo cervejas de pressão, rosé, sangria ou 7up e Pepsi (também se fazem aniversários para miúdos em que se descem os selins). O truque é parar de pedalar para conseguir beber, explica Diogo, que organiza estes passeios. Da nossa experiência, asseguramos que uma só pessoa basta para pôr a máquina em marcha, embora não seja agradável para essa pessoa. Prepare a playlist no telemóvel porque há som a sair do tecto. No nosso caso munimo-nos do novo single de Ana Malhoa, cruzando artes contemporâneas na altura de passar no MAAT.

25€ por pessoa, mínimo de seis pessoas, www.bikebartours.pt

2
Passeio de sidecar com a Bike my Side

A dar nas vistas num sidecar

Ainda nem tínhamos arrancado e já éramos o centro das atenções na Avenida da Liberdade, onde Daniel Coelho nos apanhou para nos levar a passear por Lisboa. Há quem olhe, tire fotografias ou simplesmente acene com um sorriso mostrando como gostava de estar no nosso lugar. “É assim todos os dias”, diz orgulhoso Daniel, responsável pela Bike my Side. “Para muitos, andar de sidecar é a materialização de um sonho”, continua, contando que 99,9% dos seus clientes são estrangeiros, apesar de estes passeios não serem só para inglês ver – é uma experiência diferente de passear pela cidade, uma óptima forma de celebrar um aniversário, por exemplo. Daniel tem vários passeios pensados mas, como um amigo que nos leva a passear, está sempre aberto a mudar a trajectória ou a fazer uma paragem fora da rota. O passeio pode ser feito a dois ou até em grupo. Tem três sidecars e até um jipe todo-o-terreno, mas essa é outra história.

www.bikemyside.com. 96 255 46 10. Preços a partir dos 160€.

Publicidade
3
Parques de Sintra: Passeio de Burro
Wilson Pereira/psml

Aqui há Burro!

Foi em parceria com a Reserva de Burros – Associação para a Valorização e Preservação do Burro que estes simpáticos animais se instalaram na Tapada de D. Fernando II, na cercania do Convento dos Capuchos, em Sintra. Quanto ao programa Aqui Há Burro! não podia ser mais familiar. Ao longo desta aventura de hora e meia (as crianças montam e os adultos conduzem os animais à mão) é contada a história da espécie e respectivas características (comece por apagar as comparações com os seus primos cavalos). A jornada não fica completa sem um belo de um passeio pela floresta. Ideal para miúdos entre os 3 e os 12 anos.

Todos os sábados do mês, 10.00, 12.00 e 15.00. 10€/participante.

4
Carvel on wheels

Numa caravela rolante

Antes que se entusiasme, que fique claro que não se trata mesmo de uma caravela (caso tal lhe tenha passado pela cabeça, claro), mas sim de um autocarro sem tecto cuja estrutura se assemelha (ou tenta) às célebres embarcações desenvolvidas pelos portugueses no longínquo século XV. De resto, este barco com rodas, ou Caravel on Wheels, gaba-se de ser “a única tour em Lisboa guiada por vídeo”, com direito a ecrãs individuais e auscultadores. Há seis línguas disponíveis (incluindo português) e diferentes excursões pela cidade.

www.caravelonwheels.com. 20€.

Publicidade
5
Lisbon by Segway
©DR

Equilibrado num segway

A melhor forma de fintar o trânsito, problemas de estacionamento e o tédio. Uma das tours mais populares por estas bandas tem três horas e encaminha-o para a zona de Alfama e pelo centro histórico da cidade, por onde deve circular em cima de um segway (nós avisámos que não se iria entediar).

www.lisbonsegwaytours.pt. 65€.

6

Numa limousine

Andar de limusine deixou de ser prerrogativa restrita de noivas ou despedidas de solteiro. Circular pela cidade em bom, uma cena comum em cidades como Las Vegas ou Nova Iorque, sem ser coisa de filme, e alugar um destes carros tem sido a opção para quem quer viver uma extravagância de vez em quando – festas de aniversário, uma noite de divertimento com amigos ou tours turísticas privadas. Mas atenção, marque com antecedência. A Lisbon Limousine (www. lisbonlimousine.pt ou 96 412 0673), por exemplo, põe ao dispor uma tour de 4 horas com paragem em pontos centrais da cidade (130€/ 2 pessoas). Se quiser arriscar ainda mais, a VIP Limousines (www. viplimousines.pt ou 21 405 4100) tem todo um leque de veículos excêntricos, como o Hummer rosa chiclete (primeira hora 245€).

Publicidade
7
Go Car Tours
Fotografia: Ana Luzia

Em fila indiana num Go Car

Os pequenos carrinhos amarelos norteados por GPS são uma forma de conhecer a cidade a dois ou em ruidoso grupo (um daqueles clássicos nas despedidas de solteiros). Há diferentes percursos e os preços variam entre os 30 euros (uma hora por Alfama ou uma ronda para madrugadores – se optar pelo trajecto das 09.30 oferecem-lhe meia hora extra), os 50 euros (tour de duas horas pela zona de Belém) e os 99 euros (para um dia inteiro de farra).

Rua dos Douradores, 16

8

A todo o gás com The Litas

A extensão alfacinha do movimento The Litas arrancou em Outubro de 2016. Entretanto, ganhou gás, que é como quem diz adeptas. Um colectivo de mulheres que partilham o amor por motas e uma estrada aberta. O lema do grupo é “Raise Hell, Babes!” e é frequente organizarem passeios em duas rodas e estilo quanto baste. Apanhe-as no Facebook ou no site, se conseguir acompanhar a pedalada.

www.thelitas.co/lisbon.

Publicidade
9
Passeios de charrete em Belém promovidos pela Qtour
©Qtour

Em charrete

Os carros puxados por cavalos eram uma constante em todo o bairro de Belém até meados do século XX. E é por aqui que se revive essa tradição portuguesa, num passeio em charrete com uma duração aproximada de 20 minutos, passando por vários locais de interesse histórico.

Todos os dias das 10.00 às 17.00 (horário de Inverno) ou das 10.00 às 18.00 (horário de Verão) Adultos: 8,5€, crianças, dos 3 aos 10 anos, 5€. www.qtour.pt

10
Yellow Bus
©Yellow Bus

A ganhar boas cores num Yellow Bus

À falta de um descapotável particular, o Yellow Bus da Carris resolve a carência, além de que misturar-se com turistas pode ser bem mais divertido do que parece (dê a palavra aos miúdos e veja o resultado). Um dos percursos é o Tagus Tour, que passa pelas principais avenidas de Lisboa, com partida no centro histórico (Praça da Figueira) e viagem até Belém. Pode sair e entrar sempre que quiser, apanhando o próximo autocarro, com o mesmo bilhete (que custa 14€ por adulto e 8€ por crianças dos quatro aos 10 anos.) 

www.yellowbustours.com.

Publicidade
11
Elevador de Santa Justa
Fotografia: Ana Luzia

De ascensor

Há quem a eles recorra regularmente ou quem mal se lembre da sua existência, de tão enxameados pelos turistas. Mas se a paciência o assistir, não se esqueça que ascensores como o da Glória, Lavra ou Bica (pondere mesmo Santa Justa, vá). A viagem pode ser breve, mas única, e deve ser feita pelo menos uma vez na vida de um alfacinha que se preze. Avie o bilhete antecipadamente para evitar confusões e demoras.

3,70€ (tarifa de bordo); 1,30€ se usar a modalidade zapping.

12

Lisboa by Kombi

As clássicas e estilosas carrinhas pão-de-forma são uma das formas mais vintage, coloridas e fotogénicas de somar quilómetros na cidade e arredores, como Cascais ou Sintra. Nem é preciso ter destino marcado, porque tudo vai parecer bem ao volante de um veículo rosa choque ou laranjinha. As kombis têm capacidade para seis a sete pessoas, dependendo do tipo de evento e percurso. Também há possibilidade de optar por um kombi break, sinónimo de pausa com direito a catering – nesse caso acresce o respectivo valor desse serviço, mas em termos gerais, consegue fazer uma festa bem simpática entre os 250 e os 450€, os preços médios.

www.lisbonbykombi.com

Publicidade
13
cinquecento de saul gennatiempo
Fotografia: Arlindo Camacho

Prego a fundo num vermelhinho

O tamanho deste Fiat 500L, vermelho Ferrari e bem estimado pelo italiano Saulo Gennatiempo, engana. Ora, apesar de pequenito, cabem bem três pessoas. Ainda que numa subida até à Sé o sinta a vacilar um bocadinho, o condutor põe prego a fundo e este cinquencento original não desilude. Diz, aliás, que este até “sobe melhor que um carro normal, tem muita força”. Este carro dos anos 70 veio de Roma para Lisboa em 2016, numa carrinha de transporte, e desde então Saulo, que trabalha na empresa La Locomotiva Tours e também conduz tuk-tuks, pô-lo a bom uso: com 23 litros de gasolina, este carro faz quase 500 quilómetros. Anda entre a Margem Sul e a marginal de Cascais, é só escolher o circuito (personalizável) de 100 minutos (60€), meio dia (150€) ou um dia inteiro (250€).

La Locomotiva Tours 93 323 8 813

Mais passeios em Lisboa

Lisbon Helicopters
©Andre Garcez
Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

Os melhores passeios em Lisboa por céu e mar

Nas alturas, Atlântico fora, ou apenas a encurtar caminho para alcançar a outra margem. Por céu ou por mar, e sempre tom sobre tom. Azulinho, claro. Este ssão os melhores passeios em Lisboa por céu e mar – com os pés nada assentes na terra. 

Baixa
Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Quatro passeios grátis em Lisboa

A ementa de sugestões grátis na cidade cresce de semana para semana, com oportunidades únicas para quem não quer gastar um cêntimo – acabaram-se todas as desculpas. Partilhamos algumas propostas a custo zero. São passeios e caminhadas grátis para fazer em Lisboa. Seja para conhecer melhor as ruas da cidade (ou o seu subsolo), seja para descobrir os cantos à residência oficial do primeiro-ministro. Estes são os melhores passeios grátis para fazer nos próximos meses.  Recomendado: Os melhores parques e jardins em Lisboa  

Publicidade
Rua das lisboa com movimento
Fotografia: Arlindo Camacho
Miúdos

Os melhores passeios com crianças em Lisboa

Parque infantil, bicicleta à beira-rio e toca a voltar para casa que já está na hora do banho. A Time Out quer acabar com os velhos hábitos, ajudá-lo a quebrar rotinas e levar os miúdos a descobrir Lisboa. Sempre em diferentes meios de transporte. Sim, até de helicóptero! Estes são os melhores passeios com crianças em Lisboa. 

Publicidade