Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Os melhores passeios em Lisboa por céu e mar

Os melhores passeios em Lisboa por céu e mar

Para conhecer a cidade pintada em tons de azul, embarque num destes passeios em Lisboa por céu e mar.

Lisbon Helicopters
©Andre Garcez Lisbon Helicopters
Por Editores da Time Out Lisboa |
Publicidade

Estar com os pés em terra firme é sobrestimado. Estar fora dos nossos elementos é sempre mais entusiasmante do que pôr um pé à frente do outro, desde que não tenha vertigens ou hidrofobia. Se não sofrer destas maleitas siga estas sugestões pelas alturas, de balão ou de helicóptero, Atlântico fora de cana em riste, ou apenas a encurtar caminho para alcançar a outra margem. Por céu ou por mar, e sempre tom sobre tom. Azulinho, claro. Estes são os melhores passeios em Lisboa por céu e mar – com os pés nada assentes na terra e a cabeça nas nuvens.

Recomendado: Os melhores passeios de barco no rio Tejo

Os melhores passeios em Lisboa por céu e mar

Lisbon Helicopters
©Andre Garcez

Helicóptero

O conceito de “vista panorâmica sobre a cidade” nunca mais será o mesmo depois deste passeio a bordo de um Robinson R44. Ao longo de 15 minutos (sabe a pouco), descobrimos uma nova perspectiva da cidade: os telhados da Fundação Champalimaud e do MAAT, o topo da Torre de Belém, os cabos mais altos da Ponte 25 de Abril, a expressão facial do Cristo Rei, a praias da Costa da Caparica e Farol do Bugio vistos de cima. A Cláudia, da Lisbon Helicopters, com os seus óculos escuros à aviador, foi a responsável por pilotar o helicóptero que nos levou pela rota dos Descobrimentos (282€/voo), mas há outras disponíveis para quem quer passear pelo céu de Lisboa – ou mesmo ir até Sintra, Cascais ou à Lagoa de Albufeira. Uma rapidinha que não sai propriamente barata, mas que vale cada segundo sobre a cidade.

lisbonhelicopters.com

Passeio e dia de pesca no Atlântico

Portugal, terra de pescadores e marinheiros, e ainda de bons contadores de histórias (vai apelar a esta veia se regressar da aventura de mãos a abanar). Um dia de pesca entre amigos é o que se propõe por aqui, portanto toca a reunir a tropa (até 10 pessoas) para passar um dia no mar rodeado de equipamento à altura. Desfrute de meio dia (4h/450€) ou dia inteiro (8h/850€) depois de se encontrar com o capitão na Marina de Cascais e de se despedir de Cascais, Atlântico fora. Na opção dia inteiro, conte com churrasco a bordo e bebidas e snacks. Se escolher a opção de meio dia pode trazer os seus próprios petiscos.

www.insidelisbon.com

Publicidade
teleférico parque das nações
©DR

Teleférico

É uma das heranças da Expo 98 e uma daquelas atracções capazes de conquistar a família em peso. O teleférico do Parque das Nações é um meio de transporte por cabo que oferece vistas para mais tarde recordar. Se procura alternativa, tem também o teleférico do Zoo, uma atracção que permite sobrevoar a fauna durante cerca de 20 minutos, incluída no preço do bilhete de acesso – até 22€.

www.telecabinelisboa.pt. 11.00-19.00 (até 1 de Junho, e 10.30-20.30 até Setembro). Ida e volta: 6€ (adultos), 4€ (crianças).

Notícias, Vida urbana

Olá barco

De Belém ao Parque das Nações, com paragem no Cais do Sodré, em apenas 15 minutos, independentemente do trânsito e dos semáforos, sem nunca exceder a velocidade máxima permitida por lei. Sim, é possível, e o segredo está no novo táxi aquático da Hello Boat, uma operadora turística que oferece muitas experiências e que criou este serviço que, bem vistas as coisas, também funciona como uma espécie de transporte público. Escolha a Single Ride (12€), uma viagem avulso num elegante Damsko 750.

Publicidade
Hippotrip
© Arlindo Camacho

HIPPOtrip

Não é carne nem peixe, nem barco nem autocarro. Define-se como um anfíbio e diz que deve comprar bilhetes com antecedência porque apesar de ser uma espécie estranha (ou por isso mesmo) toda a gente a procura. O Hippotrip circula pelas ruas de Lisboa, debita histórias e lendas engraçadas, e encerra as andanças com um mergulho no Tejo adentro.

Doca de Santo Amaro, Edifício Hippotrip. 16€ (crianças) e 28€ (adultos).

espeleologia
©Discover The Nature

Na gruta

A Espeleologia é o estudo geográfico da formação de cavernas, grutas, fontes e águas subterrâneas. E o nome de uma das experiências da Discover The Nature, uma operadora turística dedicada aos apaixonados pela Natureza. Só precisa de escolher entre a Gruta do Médico, a Lapa Verde e a Garganta do Cabo, tudo em Sesimbra. A actividade inclui fato protector, arnês, mosquetões, luvas, água, um pequeno reforço alimentar, seguros e fotografias desta aventura.

www.discoverthenature.com. 30€

Publicidade
balão ar quente
DR

Olha o balão

Andar nas nuvens pode ser incrível. Os passeios de balão de ar quente da WindPassenger, uma empresa de Coruche, são realizados sempre ao nascer do sol e existem vários percursos e preços. Há um que permite ver a capital lá do alto: não passa exactamente por Lisboa devido às rotas dos aviões, mas anda ali na zona da Expo, em direcção a Alcochete. Quanto a roupa e calçado adequado, a empresa indica que a temperatura a 5000 pés (1524m) não é tão diferente da sentida no solo.

www.windpassenger.pt. A partir de 99€

vertente natural
Fotografia: Arlindo Camacho

Coastering

Se levar à letra a definição do verbo “passear” do dicionário Priberam – “caminhar passo a passo; andar vagarosamente a pé, a cavalo ou em carruagem, para fazer exercício ou para distracção” –, não vai perceber o que está a fazer o coasteering nesta lista. É que este passeio de uma manhã ou tarde pela costa da Arrábida vai muito além da caminhada, incluindo natação, escalada, rapel e saltos para a água de uma altura máxima de oito metros. Não bastam uns bons ténis: é preciso vestir fato de surf e usar capacete. As luvas não são obrigatórias, mas dão jeito na altura de andar como os lagartos, agarrado às rochas. A Vertente Natural tem vários percursos disponíveis, com diferentes níveis de dificuldade. Todos prometem vistas inesquecíveis.

Vertente Natural, Porto de Abrigo de Sesimbra. 21 084 89 19. www.vertentenatural.com. A partir de 40€ por pessoa.

Publicidade
palma yachts
©DR

Comer, beber e navegar

Primeiro é bom que não enjoe com a ondulação do rio. Depois convém que goste de sushi (ou que queira experimentar, mas provavelmente já despachou essa parte). O Sail & Sushi Tour é a solução perfeita e convida-o a embarcar num veleiro e usufruir do bem bom durante três horas ao sabor do vento e de niguiris, hosomakis, uramakis, bunkans ou sashimi de salmão braseado. Se preferir sabores portugueses, pode optar pelo Sail & Wine, uma combinação de prova de vinhos com uma experiência de vela no Tejo de duas horas.

Sail & Sushi Tour (95€), Sail & Wine (80€). Doca de Belém. 95€/pessoa. palmayachts.com

caminhando cruzeiro
©Caminhando

Mini cruzeiro

A operadora Caminhando anda, como o próprio nome indica, muito a pé, mas também se aventura por outros campeonatos. E falamos em pequenos cruzeiros, normalmente regados a vinho e com pôr-do-sol como pano de fundo, no rio Tejo. Mas para os lados de Santarém para desenjoar um bocadinho. Vá espreitando a agenda de serviço.

caminhando.pt

Vá passear

Terreiro do paço
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

52 atracções em Lisboa

Nota prévia: esta é uma lista que tem tudo para crescer em tamanho ou não fosse Lisboa uma das melhores cidades do mundo e arredores. Não encare portanto estas paragens como um guia definitivo mas antes como um aperitivo para todas aquelas propostas que ficaram de fora (por agora) deste nosso menu. Opte por calçado e roupa confortável, meta uma garrafinha de água na mochila e venha daí conhecer atracções em Lisboa para todos os gostos, da Torre de Belém à arte urbana, da Brasileira à Vida Portuguesa. Um roteiro para ir fazendo ao sabor do vento.

Alfama
Fotografia: Manuel Manso
Coisas para fazer

Dez passeios a pé em Lisboa

Ponha aqui o seu pezinho, e o outro também, já agora. Devagar ou em passo apressado, não faltam caminhadas urbanas, entre o presente e o passado. São visitas e passeios inspirados nos livros, na boa mesa da gastronomia, na arquitectura da cidade e também desafiam os mais curiosos a olhar para o céu. Lisboa tem sempre muito por onde escolher e se não for alérgico a dar corta aos sapatos, aqui ficam dez sugestões entre visitas guiadas e passeios a pé em Lisboa.

Publicidade
Fórum Grandela
Fotografia: Inês Félix
Coisas para fazer, Caminhadas e passeios

As 20 paragens obrigatórias na Estrada de Benfica

Demos corda aos sapatos para lhe trazer um apanhado do que há de melhor para fazer na Estrada de Benfica, uma importante artéria da cidade que se estende ao longo de duas freguesias: Benfica e São Domingos de Benfica. Ainda se sente um forte pulsar da vida de bairro nos cafés, restaurantes, mercearias, padarias e em lojas de todos os tamanhos e feitios (o que nos lembra de uma chamada Xanel que vende roupa lingerie e moda para senhoras). O mundo da pastelaria é forte nesta estrada e parece ser um dos novos pólos das mercerarias que apostam na venda a granel com a abertura de duas novas lojas que se juntam nesta estrada a duas históricas mercearias finas. Há ainda dois antigos palácios que estão à sua espera, os melhores locais para se sentar a descansar se decidir fazer o mesmo que nós e percorrer a estrada de uma assentada só.

Publicidade