0 Gostar
Guardar

Cinco coisas que não sabe sobre... os táxis

A manifestação dos taxistas pôs a cidade em sobressalto. Mas... o que sabe sobre os táxis? Ligámos a máquina do tempo aqui na redacção e recolhemos cinco curiosidades.

©Duarte Portugal/Arquivo Municipal de Lisboa
1 - Os primeiros quatro táxis chegaram a Lisboa em 1907, mas o primeiro serviço de táxis oficial nasceu por cá em 1925, quando um grupo de motoristas criou a Cooperativa Lisbonense de Chauffeurs. Começou com 50 funcionários e 11 carros Citroën, um número que depressa aumentou.
 
2 – Antes dos táxis o transporte fazia-se nas chamadas tipóias, carruagens puxadas por um cavalo. 
 
3 – Primeiro veio o taxímetro e só depois o nome táxi, um encurtamento da palavra. O aparelho foi inventado em 1907 pelo alemão Wilhelm Bruhn e só chega a Portugal na década de 20. Se for fã de taxímetros, de peças vintage ou, idealmente, das duas coisas, faça uma visita ao OLX. O mais caro vale 500€.
 
4 – Desde 1989 que há uma rua em Lisboa chamada Rua dos Táxis Palhinhas, nome que a Cooperativa Lisbonense de Chauffeurs dava aos seus veículos. Fica no centro de Carnide e não é a única rua da freguesia que homenageia a profissão: a Rua Augusto Macedo lembra esse taxista com dois milhões de quilómetros no currículo e que esteve ao serviço durante 70 anos. A sua vida deu um filme em 1996: Taxi Lisboa, do alemão Wolf Gaudlitz. O seu Oldsmobile F-28 está nas mãos do município.
 
5 - Em 1993, passa a ser obrigatório mudar a cor dos táxis para bege-marfim, mas seis anos depois a cor do veículo fica à escolha do freguês, ou melhor, do proprietário do veículo, que pode optar entre esta cor e o antigo verde-mar e preto.

Comentários

0 comments