Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Casa com Alma: seis dicas de Feng Shui para a sua casa

Atenção, continuamos a tentar dar-lhe a informação mais actualizada. Mas os tempos são instáveis, por isso confirme sempre antes de sair de casa.

Casa com Alma - Seis dicas de Feng Shui
DR Casa com Alma - Seis dicas de Feng Shui

Casa com Alma: seis dicas de Feng Shui para a sua casa

Não há melhor altura para ter a casa impecável. O feng shui dá uma ajuda, garante a especialista Vanda Boavida, que acaba de lançar um livro sobre o tema.

Por Ana Rita Carvalho
Publicidade

Vanda Boavida não quebrou a tradição – com toda a família a trabalhar na área da Saúde, especializou-se em marketing farmacêutico e trabalhou treze anos na indústria farmacêutica. Mas quando teve um melanoma, tudo mudou: “Antes estava habituada a trabalhar muitas horas, mas quando estes inesperados surgem começamos a olhar para a vida de outra forma. Apesar de ter sido um susto, ultrapassei-o de forma honrosa”, afirma. Certificada pela Central Academy of Feng Shui, Vanda é agora professora e consultora de decoração de interiores com feng shui.

Apaixonada por esta prática chinesa – e com os confinamentos a atirar-nos à cara a importância da tranquilidade e harmonia no lar – acaba de lançar Casa com Alma, que junta o método japonês de kaizen, os princípios do feng shui e o poder do vision board. A especialista acredita que o livro veio na altura certa: “Temos de conciliar os filhos com o trabalho e ainda com as tarefas domésticas. As pessoas têm-se sentido especialmente ansiosas nesta altura.” O espaço de trabalho passou a fundir-se com espaço pessoal, pelo que é importante rentabilizar a produtividade em casa, diz Vanda: “As minhas dicas ajudam a melhorar o foco, a aumentar a sensação de felicidade de forma a levarmos a vida com menos frustração e sacrifício."

Sempre a aprender

Aproveite o confinamento para experimentar um dos workshops online de Vanda Boavida: pode optar pelo Workshop Online Nível I e Nível II (60€), onde se fala de cores, materiais, formas, os cinco elementos, layout, yin e yang e iluminação, ou pelo Curso Online Feng Shui Dezembro 2020/Junho 2021 (a partir de 515€), onde se aborda cada divisão da casa em detalhe.  

Recomendado: Seis dicas de como arrumar a casa seguindo o método de Marie Kondo

Seis dicas essenciais de Feng Shui

1 - E fez-se luz… natural

“A secretária deve estar o mais próxima possível de uma janela. O nosso corpo é regido pelo seu relógio biológico, e, muitas vezes, quando não vemos a luz do dia enquanto trabalhamos, temos bastante dificuldade em ter posteriormente uma boa noite de sono.”

2- Verde? Quanto mais, melhor

“É importante fortalecer a ligação entre o ser humano e a natureza, mas muita gente não tem varanda ou um jardim. A biofilia diz que devemos tentar transportar um pedaço de natureza para o aconchego do nosso lar, é necessário para o nosso bem-estar.”

Publicidade

3- O amarelo dá sono

“Todos os equipamentos electrónicos devem permanecer fora do quarto quando nos deitamos e a luz branca não facilita o processo de relaxamento. Devem ser privilegiados candeeiros de mesa-de-cabeceira, nunca de tecto, com luz amarela. Podem, em alternativa, ser utilizados óleos essenciais de lavanda.” 

4- Noites sem pesadelos

“A cama deve ter várias almofadas ou então uma boa cabeceira almofadada. Precisamos de sentir protecção e não ficar em alerta constante. Prateleiras por cima da cama devem ser evitadas.” 

Publicidade

5 - Adeus arestas

“A mesa [de jantar] deve ser oval ou redonda, de madeira, eliminando arestas para proporcionar igualdade, não ficando ninguém numa situação desfavorável. A madeira é robusta e sólida, tal como deverá ser o convívio entre os amigos e família.”

6- Boa viagem

“Colocar um mapa ou globo promove viagens de negócios para outros países, é ideal caso a nossa intenção seja ter relacionamentos com o exterior.”

Mais ideias para a sua casa

minimalismo
Fotografia: Bench Accounting/ Unsplash

Menos é mais: descubra porquê e como com estas gurus do minimalismo

Coisas para fazer

Falámos com gurus do minimalismo e damos-lhe a conhecer os seus projectos, desde uma oficina de upcycling até uma loja para pais e filhos só com marcas amigas do ambiente e do comércio justo, passando por cursos online para aprender a construir um armário-cápsula ou a passar menos tempo na cozinha.

Filme, Cinema, Minimalism: A Documentary About the Important Things (2015)
©DR

Séries e filmes sobre minimalismo para aprender a viver feliz com pouco

Filmes

Ter menos coisas e menos espaço é sinónimo de mais tempo e liberdade para fazer o que lhe dá prazer. Mas ser minimalista não significa abdicar de todas as suas posses materiais nem deixar de consumir. Significa, sim, livrar-se do que não é essencial e aprender a consumir melhor. Para o ajudar a pôr a vida em ordem, reunimos duas séries e dois documentários sobre o poder do menos.

Publicidade
Rafaela Garcez, Marie Kondo
DANIELA SOUSA PHOTOGRAPHY

Seis dicas de como arrumar a casa seguindo o método de Marie Kondo

Coisas para fazer

A Time Out falou com quem sabe meter tudo no sítio. Rafaela Garcez é formada em design mas foi da arrumação que fez vida – é uma das primeiras consultoras certificadas em Portugal do método KonMari™, um processo de organização japonês desenvolvido pela famosa Marie Kondo, que se baseia na ideia de manter apenas as coisas que lhe “despertam alegria”.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Também poderá gostar

        Publicidade