A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
antiga sala de cenografia
Pietro DardanoAntiga Sala de Cenografia, transformada em sala de trabalho e Jardim de Inverno

D. Maria II encerra para obras em 2023. Saiba o que ficará diferente

Fachadas limpas, novos espaços de trabalho e ensaio, átrio reformulado, livraria renovada e muito mais. Saiba o que muda.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

O Teatro Nacional D. Maria II estará encerrado para obras estruturais durante todo o ano de 2023. O projecto de intervenção envolve o restauro, manutenção e renovação de várias zonas do edifício. A antiga Sala de Cenografia, mesmo por cima do lustre da Sala Garrett, será uma delas. Em conferência de imprensa, a presidente do Conselho de Administração do TNDMII, Claudia Belchior, revelou que será “transformada radicalmente para receber quase todas as direcções do teatro”, bem como um jardim de Inverno, para reuniões com os artistas. O projecto de intervenção prevê um investimento total de 9,8 milhões de euros, com verbas do Plano de Recuperação e Resiliência. Saiba o que estará diferente em 2024.

Recomendado: Teatro Nacional D. Maria II: Os desafios que aguardam Pedro Penim

Exterior do edifício

Além da limpeza das fachadas do Teatro Nacional D. Maria II, as cantarias vão ser recuperadas e será instalada iluminação monumental com tecnologia LED.

Átrio, bilheteira e livraria
Pietro Dardano

Átrio, bilheteira e livraria

A zona de átrio será reformulada para facilitar a entrada no edifício, assim como a circulação na área, que deverá ficar mais confortável e bem iluminada. Já a bilheteira e a livraria vão ser renovadas e fundidas num espaço único. A ideia é simplificar e melhorar a experiência dos espectadores. “Vamos ter uma bilheteira e uma livraria totalmente acessíveis, que é muito importante, já que todo o teatro é acessível”, partilhou Claudia Belchior. 

Publicidade

Sala Garrett

As infraestruturas vão ser actualizadas, nomeadamente com a substituição de toda a rede eléctrica, incluindo equipamentos de som, eléctricos e de luz. A sala será também repintada, além da substituição dos tecidos que forram as paredes.

Subpalco

O subpalco será reorganizado, para permitir um melhor funcionamento de trabalhos de carpintaria e serralharia, e vão ser também criados espaços para arrecadação de equipamentos de luz, som e maquinaria. “Esta é também uma obra com muita engenharia, sobretudo a nível do subpalco, onde vão ser feitas intervenções profundas.”

Publicidade
Salas de trabalho e ensaios
Pietro Dardano

Salas de trabalho e ensaios

Será criada uma nova sala de ensaios de apoio às produções da Sala Estúdio e centralizados, num único espaço, os vários serviços do teatro, que se encontram actualmente dispersos por diversos locais, para melhorar as condições de trabalho e proporcionar uma maior interligação entre todos. “Esta era a antiga Sala de Cenografia. Neste momento, estão mesmo em cima do lustre da Sala Garrett. Este espaço será transformado radicalmente para receber quase todas as direcções do teatro. Será construído um piso em mezzanine e um jardim de Inverno.”

Acondicionamento e arquivo

As zonas de acondicionamento de adereços de cena e figurinos vão ser melhoradas, bem como a área onde se encontra a Biblioteca-Arquivo, para a melhor preservação do acervo histórico. “Com ambições ambientais, todos os sistemas de climatização vão ser intervencionados, bem como o espaço de arquivo e biblioteca, onde temos um acervo documental desde que o teatro abriu há 175 anos, que terá uma climatização ideal para a sua preservação.”

Publicidade

Climatização

Vão ainda ser instalados novos sistemas de climatização na Sala Garrett, nos corredores e do Salão Nobre ao átrio, para desempenhos de maior eficiência energética.

Está na hora de ir ao teatro

Recomendado
    Também poderá gostar
      Publicidade