NOS Alive 2018: o melhor do street style do último dia

Terceiro e último dia: quiseram os festivaleiros que fosse mais contido
Fotografia: Duarte Drago
Publicidade

Pouco depois das portas abrirem neste último dia de NOS Alive a enchente era notória. A culpa foi dos Pearl Jam, que fizeram esgotar a lotação do recinto poucos dias depois do anúncio, ainda em Dezembro. Foi fácil (até mais do que gostaríamos) de encontrar t-shirts e sweats da banda, deixando pouco espaço para descobrir looks fora da caixa. 

Mas desafios são desafios e partimos nessa empreitada com os nossos olhos de lince para tentarmos apanhar as riscas, os polka dots, a tigresa, os chapéus coloridos, as lantejoulas, as flores e as almas da festa neste dia que encerrou o festival. 

Recomendado: O melhor do street style no segundo dia de NOS Alive

O melhor do street style do último dia

Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

Publicidade
Fotografia: Duarte Drago

Fotografia: Duarte Drago

NOS Alive

Duarte_Drago
Compras

NOS Alive 2018: o melhor do street style do primeiro dia

Neste primeiro dia em que Arctic Monkeys, Khalid, Nine Inch Nails, Sampha e Wolf Alice subiram ao palco, andámos à caça dos melhores looks de street style. O sol não quis dar o ar da sua graça, mas isso não deixou ninguém acanhado no que toca aos modelitos que desfilaram pelo NOS Alive. Muitos levaram um banho de glitter – já um habitué nos festivais de Verão, diga-se –, outros preferiram adoptar um estilo mais alternativo a roçar o streetwear, sem nunca nos escapar da vista os que se mantêm fiéis às camisas com os padrões mais loucos. 

FESTIVAL SUPER BOCK SUPER ROCK 2014
Fotografia: Arlindo Camacho
Música

Guia completo dos festivais de Verão

Os festivais de música estão para o Verão como a chuva está para o Inverno: sabe bem de vez em quando, e mesmo quem não gosta reconhece que faz falta. Ao contrário da chuva, no entanto, há cada vez mais e maiores festivais. E há para todos os gostos. Desde megaproduções a festivais um pouco mais pequenos mas ainda assim grandes, como o Super Bock Super Rock ou o Vodafone Paredes de Coura, e eventos mais especializados como o Jazz em Agosto ou o FMM Sines.

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com