Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Sete clássicos do cinema negro para ver gratuitamente
Filme, Cinema, A Casa Vermelha (1947)
©DR A Casa Vermelha de Delmer Daves

Sete clássicos do cinema negro para ver gratuitamente

Escolhemos a dedo sete filmes negros clássicos e de culto da série B, que podem ser vistos legalmente e de borla em vários sites da internet.

Por Eurico de Barros
Publicidade

Há muitos filmes de todos os géneros e épocas cujos direitos caducaram, que estão disponíveis na rede para serem vistos legal e gratuitamente. Eis uma selecção de policiais americanos clássicos e de culto da série B que estão nessas condições e podem ser apreciados por amadores ou cinéfilos quer no YouTube, quer em sites culturais variados, realizados por nomes como Samuel Fuller, Delmer Daves, Joseph H. Lewis ou Rudolph Maté. São sete excelentes exemplos de policiais “negro” de baixo orçamento da velha Hollywood, no seu esplendor a preto e branco.

Recomendado: Cinemateca reforça programação online com filmes portugueses em streaming

Sete clássicos do cinema negro para ver gratuitamente

Filme, Cinema, Arrojada Aventura (1953)
Filme, Cinema, Arrojada Aventura (1953)
©DR

1. Arrojada Aventura

Ida Lupino, 1953, 71 min.

Actriz Ida Lupino também assinou filmes, e este Arrojada Aventura é o primeiro policial de sempre realizado por uma mulher. Lupino co-assinou ainda o argumento, em que dois amigos numa viagem de pesca dão boleia a um homem que se revela um assassino psicopata, e que os pretende matar pelo caminho. Interpretações estupendas de Edmond O’Brien e Frank Lovejoy no duo de amigos, e de William Talman no criminoso. Ida Lupino despacha a história da fita em sintéticos, intensos e tensos 71 minutos.

Filme, Cinema, A Casa Vermelha (1947)
Filme, Cinema, A Casa Vermelha (1947)
©DR

2. A Casa Vermelha

Delmar Daves, 1947, 100 min.

Edward G. Robinson, Rory Calhoun, Judith Anderson e Julie London encabeçam o elenco deste thriller da autoria do veterano e versátil Delmer Daves. É a história de um irmão e uma irmã que adoptaram uma menina, criada como se fosse filha deles. E que escondem dela um terrível segredo relacionado com uma quinta abandonada (a casa vermelha do título), situada nos confins de um bosque. Mas a rapariga arranja um namorado e começam ambos a explorar essa zona da quinta, apesar dos repetidos avisos do pai adoptivo.

Publicidade
Filme, Cinema, Rajada de Morte (1955)
Filme, Cinema, Rajada de Morte (1955)
©DR

3. Rajada de Morte

Joseph H. Lewis, 1955, 87 min.

Um clássico do policial negro realizado por um dos mestres da série B de orçamento unha de fome, autor, entre outros, de Mortalmente Perigosa. Joseph H. Lewis dirige Cornel Wilde, Richard Conte, Jean Wallace, Earl Holliman, Carolyn Jones e um jovem Lee Van Cleef nesta história de um incorruptível e incansável tenente da polícia (Wilde) que, não conseguindo arranjar provas para incriminar um astucioso senhor do crime (Conte), se vira para a namorada deste (Wallace), que o despreza, para conseguir as ditas.

Filme, Cinema, A Luva de Ferro (1952)
Filme, Cinema, A Luva de Ferro (1952)
©DR

4. A Luva de Ferro

Rudolph Maté, 1952, 89 min.

Esta fita de Rudolph Maté, outro veterano faz-tudo de Hollywood, remete quer para Relíquia Macabra, quer para Os 39 Degraus. Glenn Ford personifica um ex-soldado que combateu na II Guerra Mundial e que regressa a França anos depois do conflito, acompanhado da sua nova namorada francesa, para tentar recuperar uma preciosíssima obra de arte escondida quando da invasão aliada por um traficante e colaborador dos nazis. Mas vê-se perseguido por gente muito perigosa, que anda à procura do mesmo que ele.

Publicidade
Filme, Cinema, Uma Luz no Submundo (1964)
Filme, Cinema, Uma Luz no Submundo (1964)
©DR

5. Uma Luz no Submundo

Samuel Fuller, 1964, 90 min.

Constance Towers é Kelly, uma rapariga que andou na prostituição e quer começar uma nova vida, instalando-se numa cidadezinha onde arranja trabalho a cuidar de crianças portadoras de deficiências, e se envolve romanticamente com o capitão da polícia local. Tudo parece estar a correr bem, até que Kelly é testemunha de um acontecimento chocante, que vai ameaçar a sua felicidade e a sua sanidade. O grande Sam Fuller combina aqui, com mão de mestre, o melodrama e o policial duro de roer.

Filme, Cinema, O Que Matou Por Amor (1952)
Filme, Cinema, O Que Matou Por Amor (1952)
©DR

6. O Que Matou por Amor

Léonide Moguy, 1946, 85 min.

Ava Gardner tem um dos seus primeiros papéis de destaque neste policial em que faz de mulher fatal. Ela é Mary, uma rapariga que regressa à cidade onde nasceu, vinda de Chicago e exibindo um caro casaco de peles e uma luxuosa cigarreira. A sua presença vai reacender a animosidade que existia entre dois ex-namorados, ambos homens pouco recomendáveis, um jogador e o dono de um cabaré. A presença de Mary vai pô-los na rota do crime. Também com George Raft, Tom Conway e Victor McLaglen.

Publicidade
Filme, Cinema, Uma Loira com Dois Corações (1949)
Filme, Cinema, Uma Loira com Dois Corações (1949)
©DR

7. Uma Loira com Dois Corações

Fletcher Markle, 1949, 72 min.

A loira do título é Jean Wallace, que interpreta uma cantora de um clube nocturno que poderá ajudar, ou então pôr em perigo, um procurador judicial de Nova Iorque (Franchot Tone) que está a investigar uma série de assassínios cometidos por um grupo extremista, Os Cruzados. Henry Fonda, Marlene Dietrich e John Garfield, entre outros nomes conhecidos, fazem breves aparições neste policial de tintas políticas assinado por Fletcher Markle, um realizador que depois se dedicaria inteiramente à televisão.

Desafios Time In no ecrã

Desafio - Filme
DR

Desafio Time In: um filme por dia

Filmes

Aproveite estes dias para fazer coisas que sempre quis fazer. Por exemplo, ver ou rever aqueles filmes fundamentais que há muito lhe despertam a curiosidade ou de que tem saudades, mas que normalmente não tem tempo para ver.

Desafio - uma curta por dia
DR

Desafio Time In: uma curta-metragem por dia

Filmes

Aqui vai encontrar uma selecção de curtas-metragens, nacionais e internacionais, disponíveis online em todo o seu esplendor. Há de tudo um pouco: drama, comédia, terror, animação e imagem real, documentário ou ficção.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade