Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Filmes sobre epidemias, pandemias e outros sustos
Jude Law, center, in Contagion
Jude Law in Contagion

Filmes sobre epidemias, pandemias e outros sustos

Com o Coronavírus na ordem do dia, fomos buscar filmes sobre epidemias que ciclicamente afligem a humanidade

Por Eurico de Barros
Publicidade

São americanos na sua maioria, mas também europeus e asiáticos, os filmes que escolhemos para ilustrar a forma como o cinema tem tratado o tema das epidemias, que saltou de novo para a actualidade com o surto de Coronavírus situado na China e que está a inquietar o mundo. Mais realistas ou mais fantasiosas, as oito fitas seleccionadas falam desde surtos de gripes a epidemias mais estranhas e incompreensíveis. São títulos tão variados como Guerra ao Vírus da Loucura, de George A. Romero, Epidemic. de Lars von Trier, O Acontecimento, de M. Night Shyamalan, ou Flu, de Kim Sung-su. Já viu estes filmes sobre epidemias?

Recomendado: Os 100 melhores filmes de terror de sempre

Filmes sobre epidemias, pandemias e outros sustos

‘Pânico nas Ruas’, de Elia Kazan (1950)

Um criminoso infectado com uma doença altamente contagiosa está em fuga na cidade de Nova Orleães e as autoridades têm 48 horas para o capturar, antes que ele comece a contaminar pessoas. Elia Kazan assina este thriller angustiante, com Jack Palance no papel do assassino doente e Richard Widmark e Paul Douglas no médico e no polícia que o perseguem.

‘A Ameaça de Andrómeda’, de Robert Wise (1971)

Michael Crichton escreveu o livro de ficção científica que está na base desta realização de Robert Wise. Um grupo de cientistas fechado num laboratório ultra-moderno tenta descobrir o que matou praticamente todos os habitantes de uma vila do Novo México, depois do regresso à Terra, naquela zona, de um satélite que poderá ter trazido para o nosso planeta uma forma de vida biológica alienígena.
Publicidade

‘Guerra ao Vírus da Loucura’, de George A. Romero (1973)

Um avião militar despenha-se no interior dos EUA, contaminando um rio com uma arma bacteriológica, que enlouquece aqueles que beberem a água. O exército tenta conter o vírus, mas não há cura para os afectados. De seu título original The Crazies, esta fita de George A. Romero, o autor da série clássica dos Mortos-Vivos, é um modelo do “filme de epidemia” em registo de série B.

‘Epidemic’, de Lars von Trier (1987)

Inédito comercialmente em Portugal, onde passou apenas no Fantasporto, e feito quando Lars von Trier era ainda pouco conhecido, Epidemic é um filme de recorte experimental sobre o tema da epidemia mortífera. Um realizador e um argumentista estão a escrever um guião sobre uma epidemia que atinge todo o mundo, enquanto uma epidemia real se desenvolve à sua volta e afecta até o próprio filme fisicamente.
Publicidade

‘Outbreak-Fora de Controlo’, de Wolfgang Petersen (1995)

Um vírus oriundo de África que faz lembrar o Ébola, por ter os macacos como portadores, está no centro deste filme em que Dustin Hoffman interpreta um oficial médico do Exército que lidera o combate àquele, quando se descobre que um símio o trouxe para os EUA. Donald Sutherland, Morgan Freeman, Kevin Spacey e Rene Russo estão também no elenco.

‘O Acontecimento’, de M. Night Shyamalan (2008)

Tudo começa com o inexplicável desaparecimento das abelhas, e de súbito, as pessoas começam a suicidar-se em massa. Será um fenómeno de loucura colectiva, ou o resultado de um estranho vírus que se está a espalhar pelo planeta? M. Night Shyamalan assina este thriller de terror e ficção científica, com Mark Wahlberg no papel de um professor de Ciências Naturais que tenta salvar a família do fenómeno e, ao mesmo tempo, descobrir as suas causas.
Publicidade

‘Contágio’, de Steven Soderbergh (2011)

Inspirado pela epidemia de Sars de 2003, este filme original, tenso e muito realista de Steven Soderbergh tem um herói colectivo: as várias personagens, sejam investigadores, profissionais de saúde, militares, funcionários governamentais ou cidadãos comuns, que tentam encontrar uma cura para uma epidemia mundial que começou na Ásia, tendo origem em morcegos que contaminaram comida com os seus dejectos.

‘Flu’, de Kim Sung-su (2013)

Nunca exibido em Portugal, este filme sul-coreano começa com um grupo de imigrantes ilegais a entrar no país, e o homem que os trouxe a morrer de um vírus gripal desconhecido, que se manifesta num subúrbio de Seul com um milhão e meio de habitantes e é selada pelo governo. Um médico e um membro da segurança civil entram lá para arranjarem uma amostra de sangue de uma pessoa contaminada, que possa ser usada para desenvolver uma vacina.

O melhor do cinema

Blade Runner
D.R.

Sete grandes filmes futuristas

Filmes

No cinema o lugar do futuro é geralmente na ficção científica. Uma espécie de albergue capaz de acolher tudo, e que nos melhores casos nasce da observação do presente para depois fantasiar e projectar uma ideia e apresentar uma visão – quase sempre má sobre como vai ser a vidinha, é certo, mas com o futuro nunca se sabe. Estes sete filmes futuristas tentaram isso mesmo, e são sete que vale mesmo a pena ver. 

Sete filmes épicos de ficção científica

Filmes

David Lynch, Roger Corman, Peter Yates e até Mel Brooks são alguns dos realizadores que rodaram estes filmes épicos de ficção científica nas décadas de 70 e de 80, alguns deles contendo também ingredientes de fantasia.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade