Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right ‘FUBAR’: acção e comédia, tudo em família
Arnold Schwarzenegger
©Christos Kalohoridis/Netflix Arnold Schwarzenegger (Luke Brunner), em FUBAR

‘FUBAR’: acção e comédia, tudo em família

A estreia de Arnold Schwarzenegger na Netflix é melhor que qualquer um dos seus últimos filmes. O grande trunfo da série é a comédia.

Por Eurico de Barros
Publicidade

★★★☆☆

Passada a sua era no cinema, as grandes estrelas de acção dos anos 70 a 90 viram-se agora para a televisão e o streaming. Depois de Sylvester Stallone em Tulsa King, é a vez de Arnold Schwarzenegger em FUBAR (Netflix), vagamente reminiscente de um dos seus melhores filmes, A Verdade da Mentira, de James Cameron (1994), uma história de acção e espionagem mesclada com comédia conjugal. Arnie é Luke Brunner, um veterano operacional da CIA que descobre, na sua última missão, que a filha bem-comportadinha, Emma (Monica Barbaro) é, também ela, uma durona agente de campo (e que não sabia da profissão do pai); ao mesmo tempo, embirra com o noivo choninhas de Emma, a quem continua a tratar e proteger como se ela já não fosse maior e vacinada, e procura reconquistar a ex-mulher, que tem um novo namorado. Os enredos de FUBAR são completamente desmiolados, mas o grande trunfo de Arnie, e da série, é a comédia. A acção nunca se leva totalmente a sério e é temperada pelas querelas e equívocos familiares, e pelos pândegos membros da equipa de Luke. Arnie faz rir, e muito, à custa das angústias deste, pai-galinha obsessivo e ex-marido ansioso por recuperar a mulher, e o argumento alimenta-o com muitas e boas tiradas. FUBAR é melhor que qualquer dos seus últimos filmes.

Mais críticas de televisão

Publicidade
Rutland Weekend Television
DR

Um Monty Python a solo

Filmes

★★★★☆

Apesar do apertado orçamento e dos meios limitados, ‘Rutland Weekend Television’ transformou-se numa série de culto, brilhantemente cómica e cerradamente absurda.

 

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade