Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right OperaFest: Venha ouvir a ópera do futuro
Música, Ópera, Tosca, de Puccini, Catarina Molder
©DR Tosca, de Puccini

OperaFest: Venha ouvir a ópera do futuro

Um novo festival dedicado à ópera e decorrendo (maioritariamente) em espaços abertos promete agitar o Verão lisboeta

Por José Carlos Fernandes
Publicidade

Um casal de apaixonados que comunica através de smartphone; outro casal que deita contas à vida e à sua relação na sala de estar, com a televisão em fundo. Não são os típicos enredos que costumam ver e ouvir-se nos teatros de ópera, mas o OperaFest, cuja primeira edição decorre entre 21 de Agosto e 11 de Setembro, não é um típico festival de ópera, talvez por surgir em contra-corrente com o ambiente macambúzio e rarefeito imposto à vida musical pela pandemia de covid-19. O OperaFest pretende chegar a públicos muito diversos, pelo que combina óperas favoritas com estreias e complementa a apresentação de ópera em palco com conferências e debates que reflectem sobre este arrebatador género musical.

O repertório nos teatros de ópera pelo mundo fora é esmagadoramente dominado por compositores mortos há muitos anos, mas não tem de ser assim, e o OperaFest irá estrear oito óperas – mini-óperas, a sermos rigorosos – de compositores portugueses do nosso tempo. Se muitas das óperas consagradas têm libretos inspirados na mitologia clássica que hoje podem parecer caducos, algumas das óperas em estreia também remetem para este universo, mas reinterpretando-o à luz do nosso tempo – é o caso de Esta Ítaca que não Encontro, que alude à história de Ulisses, e de Eco-Arquipélago, que alude ao mito de Eco e Narciso.

Tudo o que pode ver e ouvir no OperaFest

Carpintarias de São Lázaro

O OperaFest estende-se também às Carpintarias de S. Lázaro, com um debate (“Dramaturgia na Construção de uma Ópera”, 6 de Setembro, 17.00), duas conferências (Rui Viera Nery, 7 de Setembro 18.00; Maria Filomena Molder, 9 de Setembro 18.00) e a projecção de três cine-óperas (Tosca, de Puccini, por Gianfranco de Bosio, 7 e 11 de Setembro 21.30; Cavalleria Rusticana, de Mascagni, por Franco Zeffirelli, 8 e 10 de Setembro 21.30; Fidelio, de Beethoven, por Ernst Wild, 9 de Setembro 21.30).

Mais que ouvir

CCB
©CCB

Concertos em Lisboa em Agosto

Música

A vida não está fácil, mas também por isso estes concertos em Lisboa em Agosto vão fazer-lhe bem aos ouvidos e à mente: de Salvador Sobral a João Cabrita, das noites da Filho Único no Chiado aos Cais Sodré Funk Connection. Só não se esqueça da máscara e de lavar as mãos com frequência.

Concertos online
©veeterzy

Os festivais de música online que não pode perder

Música

É difícil mantermo-nos a par de tudo o que este ano já foi adiado ou mesmo cancelado. Mas há alternativas. Não são muitas, é um facto, mas são boas, algumas inesperadas, outras grátis, e outras prometem ser extraordinárias, como a primeira edição virtual do Tomorrowland, especialmente preparada para os festivaleiros da internet.

Recomendado

    Também poderá gostar

      Publicidade