Os oito nomes a não perder no Brunch Electronik

Arranca este domingo na Tapada da Ajuda e prolonga-se até 16 de Setembro. Estes são os oito artistas que não pode perder em mais uma edição do Brunch Electronik.
©Inês Costa Monteiro
Publicidade

Se o Brunch Electronik fosse comestível estas eram as oito coisas que tinha de provar. A temporada das tardes que se tornam noites na Ajuda, com música electrónica e alguns dos melhores DJs do mundo, arranca este domingo e prossegue por todos os outros até 16 de Setembro. A missa de domingo, de 29 de Julho a 16 de Setembro, dispensa sacerdotes, padres e igrejas. Dispensa mesmo grandes formalidades. Esta missa acontece ao ar livre, todos os domingos, na Tapada da Ajuda. Começa às 14.00 e dura até às 22.00. Leve calçado confortável.

Recomendado: As melhores festas em Lisboa esta semana

Noite

Dave Clarke

icon-location-pin Alcântara
icon-calendar

Aqui é melhor segurar-se. É que no ano passado, quando Dave Clarke foi à Ajuda, a coisa esgotou e a Tapada foi toda dele, numa ideia de rave à antiga. Com quase 50 anos, a alcunha de barão do techno não é, de todo, despropositada. Os seus sets costumam ser viagens à escuridão, de onde todos regressamos possivelmente melhor do que fomos. Possivelmente, claro. No final de 2017 editou The Desecration of Desire, disco que merece a sua escuta.   

Noite

Black Coffee

icon-location-pin Alcântara
icon-calendar

Foi com músicas de house puro, de sucesso comercial como “Superman” ou “Turn Me On” que Black Coffee conquistou público à escala global. Mas esperar esse som de discoteca para miúdos de início do milénio será um erro. Mais recentemente tem incutido as suas origens sul-africanas, som de tribo, percussão combinada com house progressivo ou com minimal-techno. Coisa com tanto de ritmo quanto de introspecção. Tudo para ser um dos destaques do ano na Tapada da Ajuda.  

Publicidade
Noite

Agoria

icon-location-pin Alcântara
icon-calendar

O francês Sébastien Devaud assume o leme do Brunch Electronik na sua penúltima sessão. E mais vale tarde que nunca, que este homem precisa de ser escutado. A energia dos seus sets é inegável, sempre com um cunho bastante electro, cheios de graves e de ruído. Navega entre house e techno sem grandes problemas de identidade, aquela coisa de ouvirmos os passos de alguém e já sabermos quem aí vem. Agoria é assim, entre techno e house, entre o áspero e o subtil.   

Noite

Seth Troxler b2b Tiga

icon-location-pin Alcântara
icon-calendar

O primeiro é do Michigan, o segundo é de Montreal. O primeiro bebeu da escola de Detroit e de Chicago, de gente como Moodyman e Jeff Mills, enquanto o segundo vem mais da onda do electro, tendo começado por remixar gente como Telepopmusik, Mylo e LCD Soundsystem até chegar à produção e nos dar três discos onde encontramos uma amálgama de sonoridades profundamente diversa. Juntos – que esta colaboração não é nova, perguntem a quem esteve no Sónar de 2017, em Barcelona – fazem techno e minimal intenso, como se quer para o último domingo de festa na Ajuda.  

Já que aqui está

Padrão dos descobrimentos
Fotografia: Arlindo Camacho
Coisas para fazer

Lisboa num dia: Belém, Restelo e Ajuda

É quase uma cidade dos museus, mas se só tiver 24 horas de folga vai ter de fazer algumas opções. Aqui há coches, arte contemporânea, comida da boa e muita flora para explorar. Pegue na bússola (hoje diz-se Google Maps) e conquiste Lisboa a Ocidente. Recomendado: Outro dia perfeito: Graça, Alfama e Baixa

topo belém
Manuel Manso
Restaurantes

Os melhores restaurantes em Belém

A fome arranja-se facilmente com uma corrida pelo passeio que acompanha a margem do rio, ou mesmo com umas pedaladas de bicicleta. Uma paragem talvez para a observação de turistas junto dos Jerónimos e dos Pastéis de Belém ou até para uma voltinha no Museu Berardo. Deixe as selfies com vista para a ponte 25 de Abril para depois e comece a pensar em talheres. Esta lista dos melhores restaurantes de Belém começa numa estrela Michelin e muita atenção ao produto e acaba numa tasca com a estrela benfiquista nas paredes e muito foco na dobrada. 

Publicidade
Esta página foi migrada de forma automatizada para o nosso novo visual. Informe-nos caso algo aparente estar errado através do endereço feedback@timeout.com