Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right As melhores festas em Lisboa esta semana

As melhores festas em Lisboa esta semana

A programação nocturna de Lisboa está cada vez mais animada. Damos-lhe as melhores festas em Lisboa esta semana

Por Clara Silva |
Publicidade
Fogo Fogo
©DR

A noite lisboeta está cada vez mais composta, não faltam festas para todas as noites da semana. Seja pop, rock, house, música independente ou o que mais quiser. Há todas as sonoridades e ambientes, literalmente para todos os gostos — e às vezes para quase todos os dias. Todas as semanas damos-lhe sugestões de festas, de diferentes estilos, que não pode perder. Sendo que, imaginamos, não vai conseguir ir a todas. Se conseguir, damos-lhe uma taça. Ou uma bicicleta, ou um refrigerante para a ressaca. Seja como for, para o ajudar a decidir onde vai dançar, deixamos-lhe uma selecção das melhores festas em Lisboa.

Recomendado: Os 50 melhores bares em Lisboa

As melhores festas em Lisboa esta semana

1
Jeff Mills
©DR
Noite

Jeff Mills

Lux Frágil, São Vicente 

O “Peter Pan do techno”, como lhe chamam, regressa ao Lux Frágil, à Terra do Nunca, para mais uma noite Valsa de Viana, que também conta com Dexter na pista de baixo. Os bilhetes vendem-se à porta no próprio dia.

Quinta, 00.00-06.00, no Lux Frágil (Santa Apolónia).

2
Noite principe 4 aniversario
©Marta Pina
Noite

Noite Príncipe

Musicbox, Cais do Sodré

A residência mensal da Príncipe Discos no Musicbox, com o objectivo de trazer sonoridades dos subúrbios para o centro da cidade, comemora 8 anos em Fevereiro. Antes disso, na próxima sexta, os convidados são Mixbwé, MaBoOkinho, DJ Poco e DJ Maboku. A entrada inclui uma bebida.

Sexta, 00.00-06.00, no Musicbox. Rua Nova do Carvalho, 24 (Cais do Sodré). 10€.

Publicidade
3
Stereo Addiction
©DR
Noite

Inatel com Stereo Addiction

Village Underground, Alcântara

Os Stereo Addiction inauguram as noites Inatel no Village Underground (VU) esta sexta-feira. A ideia é que a noite bimensal seja protagonizada apenas por um DJ, ao contrário do que vai acontecendo na noite alfacinha, “com a necessidade de encher line-ups”, escreve o VU.

Sexta, 23.00-06.00, no Village Underground (Alcântara). 10€ consumíveis.

4
Celeste Mariposa
©DR
Música

Espanta Bjon

Casa Independente, Intendente

Na Casa Independente, a matiné de domingo Espanta Bjon anda há cinco anos a espantar males com os Fogo-Fogo. A banda de funaná, já com um disco lançado, celebra o seu quinto aniversário com uma festa, desta vez em horário nobre, na sexta-feira. Celeste Mariposa (na foto), companheiro destas andanças, toma conta do resto da noite.

Sexta, 19.00-02.00, na Casa Independente. Largo do Intendente, 45 (Intendente). 8€.

Publicidade
5
Fella Ayala
©Facebook/Fella Ayala
Noite

Angola em Vinil

Bartô,

Em 2020, a loja de discos Tabatô Records regressa ao Bartô do Chapitô com mais uma noite quente. Na festa deste mês, os Badju D Terra convidam Fella Alaya (na foto) para uma viagem até Angola em formato vinil. Semba, merengue, carakuta e rebita, só não vale é ficarparado.

Sábado, 22.00-01.00, no Bartô. Chapitô (Costa do Castelo). Grátis.

6
DJ Glue
©DR
Noite

Crack

Musicbox, Cais do Sodré

O 10º aniversário da loja Crack Kids Lisboa, ex-Montana, celebra-se no sábado com uma Crack especial, a residência mensal de DJ Glue no Musicbox dedicada ao melhor do hip-hop. Antes disso, há concerto do sírio Omar Souleyman, habituado a animar casamentos e outras ocasiões especiais.

Sábado, 00.00-06.00, no Musicbox. Rua Novo do Carvalho, 24 (Cais do Sodré). 8€.

Outras danças

Incógnito
Fotografia: Ana Luzia
Noite

Discotecas em Lisboa. Quando cai a madrugada na cidade

Do epicentro da agitação aos redutos em zonas mais periféricas da cidade, eis uma mão cheia de destinos cada vez mais centrais na agenda de qualquer alfacinha que só vai para a cama depois do sol romper. Grandes salões de festa e discretos endereços para quase passar despercebido, temos de tudo e para todos. Os meninos dançam nestas discotecas de Lisboa? 

Rive-Rouge
LUISA FERREIRA
Noite

Sítios para sair ao domingo em Lisboa

À noite, ou até à tarde, festas temáticas ou mera aberturas de portas, estes sítios que sugerimos a seguir dão-lhe a possibilidade de sair quando por norma poucos o fazem – habitualmente sem encontrões desmedidos, filas para os lavabos ou para o bar. Dos clássicos Musicbox, Lounge ou Copenhagen, que não tiram folga, até ao Rive Rouge ou Bartô.

Publicidade