Notícias / Compras e estilo de vida

27 Lisboa: esta nova loja lisboeta é amiga do ambiente

Loja 27 lisboa, lisboa
Fotografia: Manuel Manso

Que as tendências sustentáveis e vegans estão na moda, já não é novidade. A 27 Lisboa é só mais uma prova disso. Em soft opening desde o final de Abril, esta nova loja perto da Calçada do Combro é já um sucesso entre turistas e consumidores portugueses.

Julien e Kelly Dassault são os proprietários. Kelly é portuguesa, mas nasceu fora. “O nome da loja não foi escolhido por acaso: o 27 tem um significado muito especial. Foi o dia em que me casei e o dia de anos do meu marido Julien. O meu primeiro filho também nasceu no dia 27”, diz Kelly à Time Out. O casal não planeou de todo instalar-se no número 19 da Rua Poço dos Negros. Até isso foi obra do destino: “Estávamos a beber um café aqui em baixo na rua, vimos que este espaço estava para alugar e ficámos logo interessados”, lembra Kelly.

 

Este projecto nasceu das viagens que o casal fez pelo mundo: Japão, México, Reino Unido, Espanha, Estados Unidos, Líbano, Colombia, França, Itália, Marrocos foram alguns dos países visitados por Julien e Kelly durante os últimos anos. Aterraram em Portugal há cerca de três e quando cá chegaram sentiram a necessidade de ter acesso a alguns dos produtos que tinham conhecido durante as viagens.

“O nosso conceito é trazer para Portugal alguns dos produtos que consideramos vitais para o nosso dia-a-dia. Para decorar a casa, para a nossa rotina diária e até para os nossos filhos”, explica Kelly. Na 27 Lisboa é possível encontrar de tudo, desde mobília vintage até escovas de dentes, passando por brinquedos para os mais pequenos. Mas em tudo isto há uma particularidade: a maioria dos produtos vendidos nesta loja são amigos do ambiente, contribuindo assim para a sustentabilidade do planeta. “Quando fui mãe, comecei a pensar que não conseguiria dar aos meus filhos brinquedos e produtos de plástico e essa foi mais uma razão para a construção deste projecto."

Kelly garante que o interesse pela loja tem sido muito. “Tanto os portugueses como os turistas estrangeiros entram para ver o que é que vendemos e muitos deles não resistem a levar algo para as suas casas”, acrescenta a proprietária. Por agora o casal pretende fixar-se por aqui, mas Kelly diz que, talvez no futuro, abram uma ou outra loja pop-up em cidades como Paris, Londres ou Nova Iorque para mostrarem aos de fora o melhor dos produtos ecológicos e sustentáveis de origem portuguesa.

De três em três meses, mais coisa, menos coisa, a loja de apenas 40 metros quadrados vai sofrer alterações ao nível da decoração e da oferta de produtos. “A nossa ideia é estarmos sempre a renovar e a inovar os nossos produtos para que consigamos oferecer aos nossos clientes uma gama mais vasta de peças”, finaliza Kelly. A primeira transformação ocorre já no dia 27 de Junho, terminando com uma festa e uma exposição de Eytan Jan, um artista francês que vai exibir as suas obras de arte em plena loja.

Aqui, há preços para todos os bolsos: variam entre os 2€ e os 50€. Em média, com 30€ ou 40€ consegue levar três ou quatro produtos da loja. Claro que, também há umas quantas relíquias que podem atingir umas valentes centenas de euros, tal como algumas peças de design. Se não consegue deslocar-se até à loja, não se preocupe: todos os produtos da 27 Lisboa, estão também à venda no site.

27Lisboa. Rua Poço dos Negros, 19, Lisboa. Seg-Sex 10.00-19.00 Sáb 09.00-19.00

+ Balluta: há uma nova marca portuguesa de sapatos vegan

Na Stró, a nova loja do Príncipe Real, fala-se a língua da sustentabilidade

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments