A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Knotted Gun
DRThe Knotted Gun

30 localidades depois, escultura pela paz dá o nó com Lisboa

The Knotted Gun, criada após a morte de John Lennon, tem réplicas em mais de 30 locais do mundo. Em Portugal, instalou-se na zona das Amoreiras.

Escrito por
Rute Barbedo
Publicidade

O local não é o mais visível. Quem quiser ver a versão lisboeta da escultura The Knotted Gun, tem de ir até à Avenida Conselheiro Fernando de Sousa, procurar o número 5 e seguir até ao átrio (e espaço público) do edifício LX Living, nas Amoreiras. Mas lá estará a Colt Magnum 357 de cano amarrado, peça criada em 1980 pelo sueco Carl Fredrik Reuterswärd (que morreu em 2016), após o assassinato (com o mesmo modelo de revólver) do seu amigo e ex-Beatle, John Lennon.

A escultura, também conhecida como Non-Violence, veio ao mundo como tributo à visão de paz defendida pelo músico e aterrou no Central Park, em Nova Iorque. Desde então, tornou-se um símbolo universal anti-guerra, espalhando-se por diversas cidades. Está na sede da ONU, em Nova Iorque, no Museu Olímpico de Lausanne, na Suíça, ou no centro de Beirute, no Líbano.

Esta digressão escultória e acto de sensibilização para a paz é um projecto da Non-Violence Project Foundation, que conta ou contou com embaixadores como Paul McCartney, Ringo Starr, Val Kilmer ou Muhammad Ali. A maioria cria a sua versão pessoal da escultura e as réplicas são exibidas em vários eventos e exposições de arte em todo o mundo.

+ Fauchon abre primeiro hotel em Portugal

+ Serralharia onde trabalhou Saramago em risco, mas arqueólogos resgataram o que resta

Últimas notícias

    Publicidade