A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Aires Mateus e Carrilho da Graça vencem o Prémio Valmor 2017

Por Renata Lima Lobo
Publicidade

O Terminal de Cruzeiros de Santa Apolónia e a Sede da EDP valeram aos dois arquitectos o primeiro lugar no pódio, ex-aequo, do histórico prémio de arquitectura alfacinha.

Foram anunciados esta quinta-feira, nos Paços do Concelho, os vencedores do Prémio Valmor e Municipal de Arquitetura para o ano de 2017: o Edifício Sede EDP, do ateliê Aires Mateus, e o Terminal de Cruzeiros de Lisboa, de Carrilho da Graça, Arquitectos.

Terminal de Cruzeiros de Santa Apolónia
©fg+sgTerminal de Cruzeiros de Santa Apolónia

Esteve parado uns anos, mas no final de 2017 a Câmara Municipal de Lisboa despachou a atribuição de "Valmores" referentes aos anos de 2013 a 2017. Um fartote. Agora, em 2019, foram anunciados os grandes vencedores e mais umas quantas menções honrosas: o Palacete de Santa Catarina, de Teresa Nunes da Ponte, arquitectura; o Lisbon Stone Block (Avenida Defensores de Chaves, 67 E), de Souza Oliveira, arquitectura e urbanismo; a Casa em Alfama (Largo do Outeirinho da Amendoeira, 2-5), de Matos Gameiro, arquitectos; e Largo de Santos e vias adjacentes, de 92 Arquitectos (João Almeida e Luís Torgal) e Victor Beiramar Diniz (arquitecto paisagista).

Casa em Alfama
©Daniel Malha

Nesta que é uma das mais importantes distinções nacionais na área da arquitectura e urbanismo, o júri foi constituído por Catarina Vaz Pinto, vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, e pelos arquitectos Jorge Catarino Tavares, Alberto Souza Oliveira, Francisco Berger, Cândido Chuva Gomes e João Pardal Monteiro.

À semelhança da edição anterior (2013-2016), manteve-se a parceria com a Trienal de Arquitectura de Lisboa e também os eventos paralelos à atribuição do prémio. Entre 12 e 30 de Abril os seis projectos galardoados estarão em exposição no CIUL – Centro de Informação Urbana de Lisboa, no Piso 1 do Picoas Plaza (Seg-Sex 10.00-20.00) e ainda pode participar num programa composto por duas conferências e quatro visitas às obras, tudo gratuito.

As duas conferências com os vencedores acontecem a 22 de Abril, também no CIUL. Manuel Aires Mateus fala a partir das 18.00 e segue-se João Luís Carrilho da Graça a partir das 18.30.

As visitas ao Terminal de Cruzeiros acontecem a 27 de Abril com um representante do ateliê Carrilho da Graça, arquitectura, às 10.00 e às 10.30, enquanto as visitas à Sede da EDP são acompanhadas pelo próprio Manuel Aires Mateus a 28 de Abril, às 17.30 e às 18.30. Atenção que apesar de gratuitas, as visitas têm uma lotação máxima de 25 pessoas, pelo que pedem marcação obrigatória. Pode fazê-lo na plataforma eventbrite.pt, a partir das 12.00 de 16 de Abril (terça-feira).

+ Prémio Valmor: siga o roteiro dos edifícios distinguidos em Lisboa

+ Cinco edifícios em Lisboa que sobreviveram ao terramoto de 1755

Últimas notícias

    Publicidade