A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Righteous Gemstones
HBO

Aleluia! Venha a nós o reino dos Gemstone

Depois de um hiato de mais de dois anos, ‘The Righteous Gemstones’ está de regresso à HBO para a segunda temporada. O actor Adam Devine antecipa os novos episódios.

Editado por
Hugo Torres
Escrito por
Lucas Corrêa
Publicidade

Uma série que une humor ácido, drama, suspense e subtis críticas às igrejas que abusam da fé dos outros para enriquecer. Em The Righteous Gemstones somos apresentados à vida luxuosa dos excêntricos Gemstone: Eli Gemstone (John Goodman) é o patriarca da família, um poderoso pastor evangélico conhecido pelas suas técnicas de salvação, missões internacionais e o seu famoso programa de TV. Com a morte da mulher, vê-se em conflito com os filhos. Jesse (Danny McBride) é o mais velho dos irmãos e acredita ser o sucessor ao trono, mesmo sendo submisso ao pai e tendo acções irresponsáveis. Kelvin (Adam Devine) é o irmão mais novo e o mais sensato, dedicando-se à missão da igreja e com foco nos jovens cristãos. Judy (Edi Patterson) é a única mulher da família e procura a aprovação do pai, que não lhe permite ter as mesmas oportunidades que os irmãos.

Na temporada de estreia, Jesse é apanhado e filmado em situações muito pouco ortodoxas. Para impedir que o vídeo seja divulgado, o primogénito precisa de levantar uma quantidade exorbitante de dinheiro. Contrariado, recorre à ajuda dos irmãos para o fazer e, claro, ir em busca de vingança contra os malfeitores. A primeira temporada não deixa pontas soltas: Eli descobre a trama em que os filhos estavam envolvidos e afasta-os da igreja; Kelvin percebe não ter sido justo com seu amigo Keefe, um estranho ex-satanista; Judy conta a verdade sobre o seu passado a BJ, o seu dócil noivo; Jesse precisa de salvar o seu casamento e restabelecer uma nova relação com o filho Gideon.

O que esperar, então, da segunda temporada, que se estreou no sábado, 9 de Janeiro? A família Gemstone está ameaçada por pessoas do passado e do presente que desejam destruir o império criado por Eli e Aimee-Leigh Gemstone. O actor Adam Devine, numa roundtable digital em que a Time Out participou, contou o que esperar da nova temporada.

Bem-humorado, o actor começa por recordar os problemas por que passou com familiares e religiosos antes do lançamento da primeira temporada. No entanto, ao assistirem à série, estas pessoas acabariam por perceber que a crítica que perpassa The Righteous Gemstones não é direccionada à religião. “O objectivo não é fazer piadas com a religião, mas criticar a hipocrisia de quem a utiliza para se aproveitar dos outros”, explica Devine. 

Mostrando-se contente com as cenas gravadas para a nova temporada e com a história da personagem, o actor contou que a inspiração para lhe dar vida veio de pastores cool e hip, que se vestem com marcas de luxo, mas não deixou de destacar a busca de Kelvin para se encontrar. “Para ele [Kelvin], ter um grupo de homens musculados e cobertos de óleo no jardim de casa vai ajudá-lo a conquistar o respeito da família e da comunidade evangélica”, diz, largando alguns spoilers sobre o que poderá ser visto nestes novos nove episódios. Mas o que o actor faz questão de sublinhar é o esforço para construir uma personagem que seja coerente, sensível e sensata, mesmo que com dúvidas interiores.

E se pudesse viver algum outro personagem da série, qual seria? A resposta de Adam Devine não o poderia afastar mais de Kelvin: Judy Gemstone. “Divertida, maníaca e estranha”, descreve o actor, aplaudindo a actriz Edi Patterson pelo carisma que conferiu à irreverente personagem. Judy é, sem dúvida, uma das Gemstone a manter debaixo de olho.

Sobre as mudanças esperadas para esta temporada, o actor revela que durante a primeira temporada o pai Gemstone se sentiu envergonhado pelas atitudes dos filhos, mas que isso muda agora. Os papéis invertem-se. “À medida que envelhecemos percebemos que os nossos pais são pessoas comuns com erros e acertos. Nesta temporada, eles descobrem mais sobre o passado do pai”, sendo a vez de os filhos se sentirem envergonhados pelas acções de Eli. Devine finaliza realçando a proximidade de Kelvin com o pai. “Teve boas cenas e cenas emotivas com Eli, o que foi muito empolgante. Não tinha acontecido antes.”

HBO. Seg (Estreia T2)

+ As 21 melhores séries de 2021

+ Margarida Vila-Nova e Nuno Lopes juntos na nova aposta da RTP1

Últimas notícias

    Publicidade