Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Alvaláxia vai ter uma sala exclusiva para o cinema português
Notícias / Vida urbana

Alvaláxia vai ter uma sala exclusiva para o cinema português

Snu (2019)
©DR Snu de Patrícia Sequeira

O anúncio foi feito durante a 4ª edição dos Encontros do Cinema Português, um evento organizado pela NOS Audiovisuais onde foram ainda apresentados 42 projectos nacionais.

No próximo ano, os Cinemas NOS Alvaláxia, no Estádio de Alvalade, vão ter uma sala especial, totalmente dedicada às produções cinematográficas portuguesas, entre longas e curtas-metragens, ficção e documentário.

Foram mais de 300 as pessoas que se reuniram esta segunda-feira nos Cinemas NOS Alvaláxia para debater o estado do cinema nacional, sob o mote “Como atingir um milhão de espectadores no cinema português”. Uma missão ambiciosa, tendo em conta que, segundo o ranking de estreias nacionais divulgado pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA), até 29 de Maio deste ano o número de espectadores fixava-se em cerca de 230 mil. O filme mais visto por agora é SNU, de Patrícia Cerqueira, com 81 594 bilhetes vendidos.

Variações, de João Maia, Viriato, de Luís Albuquerque ou Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, de Tiago Guedes, foram apenas três dos 42 projectos nacionais apresentados nestes Encontros do Cinema Português que reuniram exibidores, produtores, realizadores e actores. No painel de debate encontravam-se Elsa Mendes, coordenadora do Plano Nacional de Cinema, e Manuel Damásio, da Universidade Lusófona, que defenderam a inclusão da sétima arte no sistema educativo nacional.

Luís Chaby, presidente do ICA, defendeu que “aumentar a quota é um objetivo nobre”, bem como a criação de uma “estratégia sólida, a longo prazo”, enquanto o produtor Luís Urbano acredita que um dos factores que contribui para a falta de espectadores no cinema português é a precariedade das produtoras nacionais.

+ As estreias de filmes portugueses que não pode perder até ao final do ano

+ Cinco conteúdos em português que tem de ver na Netflix

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments