A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Ana Magalhães
DR

Ana Magalhães, do Six Senses Douro Valley, é a chef do ano

Há 23 anos que o concurso não era conquistado por uma mulher. A chef venceu ainda o prémio Sustentabilidade.

Escrito por
Teresa David
Publicidade

Ana Magalhães, chef de partida do restaurante do hotel de cinco estrelas Six Senses Douro Valley, em Lamego, é a grande vencedora do "Chef Cozinheiro do Ano", um dos mais importantes concursos de cozinha para profissionais em Portugal. A final teve lugar esta quarta-feira na Feira Internacional de Artesanato (FIL), em Lisboa. 

“Foi uma vitória difícil e que resultou num desafio de superação pessoal e profissional. Era um objetivo que já tinha há alguns anos e que finalmente consegui alcançar. Depois de 23 anos, é uma mulher a ganhar esta competição, mostrando que também somos muito capazes. Estou muito orgulhosa do trabalho que fiz”, admite a chef de 26 anos, citada em comunicado. Antes de Ana Magalhães, a última mulher a levar o troféu para casa foi a madeirense Carla Rodrigues, em 1999.

Na final, a chef preparou uma entrada, um prato de peixe, outro de carne, e uma sobremesa. Começou, então, com um escabeche de cavala com amêndoa e ervas, seguiu para o prato de grão-de-bico com línguas de bacalhau e para um cabrito assado com arroz de miúdos e terminou com um leite creme de alfazema, chocolate, mel e limão — a sobremesa que venceu ainda o prémio Virgílio Gomes, sempre atribuído ao prato que revele com maior evidência a evolução da cozinha portuguesa. O prémio Sustentabilidade Makro foi também entregue a Ana Magalhães.

Este ano, a medalha de prata ficou entregue a Fábio Santos do Restaurante Landeira, em Tomar, e em 3.º lugar ficou Nuno Dinis Ferreira, do Bairro Alto Hotel, em Lisboa. A distinção Helmut Ziebell, que premeia o prato mais criativo, foi entregue à sobremesa melosa, figueira e laranja, da autoria de Manuel Pires, do Santa Maria Petisca Ria, em Faro. 

Ana Magalhães passou pelo Hotel Rural Quinta de Nossa Senhora do Carmo, em Sernancelhe, no Douro; pelo Hotel Vila Park, em Santiago do Cacém; pelo Falésia Hotel, em Albufeira; e pelo The Yeatman, em Vila Nova de Gaia. Em 2019, juntou-se à equipa do Hotel Six Senses Douro Valley. 

No ano passado, o título foi conquistado pelo chef Hugo Alves, do restaurante Pedro Lemos, no Porto. Até hoje, apenas cinco mulheres foram distinguidas pelo concurso. 

+ Olivia. Na nova amiga do Nicolau, há muito mais do que brunch (até pizzas)

+ O 7.º aniversário da Dois Corvos celebra-se com três dias de música

Últimas notícias

    Publicidade