A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
The Hood
The Hood

Ateliês, exposições ou workshops: há um contentor no The Hood à procura de artistas

A open call está a decorrer até 23 de Agosto. O espaço será cedido gratuitamente e por um período limitado de tempo.

Por
Francisca Dias Real
Publicidade

O bairro artístico The Hood, localizado no centro comercial UBBO, na Amadora, dá uma perninha nas compras, outra na restauração, mas está de corpo e alma dedicado às artes. E é nesse campo que abre uma open call a artistas que queiram ocupar um dos contentores, seja com ateliês, workshops ou para espaço expositivo. 

O The Hood voltou a dar as mãos à Mistaker Maker, responsável pela curadoria artística de todo o espaço, para disponibilizarem gratuitamente um contentor azul a projectos artísticos que vinguem pela “originalidade, singularidade, qualidade do processo implícito em toda a actividade criativa e a viabilidade de permanência do projecto no espaço”, referem em comunicado.

O espaço será cedido aos artistas vencedores por um período de tempo limitado e a sua fruição pode variar entre um ateliê para criação artística, um espaço para exposições ou até um área para desenvolvimento de workshops. 

O objectivo desta open call “tem como objectivo apoiar e promover talentos emergentes e consagrados, residentes em Portugal, especialmente em tempos de Covid-19 onde o panorama cultural nacional foi seriamente afectado”, acrescenta o comunicado. As candidaturas podem ser enviadas para thehood@mistakermaker.org até dia 23 de Agosto, sendo o resultado anunciado no dia 27 do mesmo mês.  

“A vertente social faz parte do ADN do The Hood e desde o início comprometemo-nos a apoiar a integração sócio-cultural através de iniciativas artísticas locais. Neste sentido, queremos assumir os nossos compromissos, especialmente em tempos de pandemia, com o objectivo não só de apoiar e divulgar o trabalho dos artistas mas também criar novos conteúdos e novas tendências que nos permitam ter uma oferta cultural cada vez mais diversificada e original”, explica Ivan Moreno, director de operações do The Hood, no mesmo comunicado.

No início de Julho, o The Hood reabriu já com uma novidade: as estruturas móveis para o segmento da restauração que foram intervencionadas por artistas nacionais, como Kruella d’Enfer, The Caver, Samina ou Oker. 

Além desta novidade, o The Hood irá ter também novas marcas em formato pop-up que irão ser alocadas em contentores, stands, corners, mercados, e até mesmo nestas novas estruturas móveis. Para já, o espaço conta com lojas como a Ericeira, Hurley, Forall Phones e a M.Oculista.Lx, e restaurantes como A-100 Burger, Cucurico ou Frankie.

+ Leia já, grátis, a edição da Time Out Portugal desta semana

+ Mercado da América Latina regressa a Cascais durante todos os fins-de-semana de Setembro

Últimas notícias

    Publicidade