Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right BAFTA 2018: passadeira negra em noite dominada por 'Três Cartazes à Beira da Estrada'

BAFTA 2018: passadeira negra em noite dominada por 'Três Cartazes à Beira da Estrada'

Publicidade

O grande vencedor da noite foi Três Cartazes à Beira da Estrada, que levou cinco BAFTAs para casa. Gary Oldman, pela sua interpretação como Winston Churchill, em A Hora mais Negra, ganhou na categoria de Melhor Actor e recordou o primeiro-ministro inglês no discurso de agradecimento.  

À 71ª edição, a Academia Britânica de Artes do Cinema e Televisão elegeu Três Cartazes à Beira da Estrada como o melhor filme do ano, dando ainda à longa-metragem de Martin McDonagh os galardões de Melhor Actriz (Frances McDormand), Melhor Argumento Original, Melhor Actor Secundário e Melhor Filme Britânico. 

O campeão de nomeações aos Óscares A Forma da Água rendeu a Guillermo Del Toro o prémio de Melhor Realizador. Já a estatueta de Melhor Actor foi para Gary Oldman, pela sua interpretação como Winston Churchill, em A Hora mais Negra. 

Chama-me pelo teu nome, do italiano Luca Guadagnino, venceu na categoria de Melhor Argumento Adaptado, enquanto I Am Not Your Negro, do realizador haitiano Raoul Peck, ganhou o BAFTA para Melhor Documentário. Coco levou a melhor no campeonato dos filmes de animação.

A entrega dos prémios conhecidos como os Óscares do Reino Unido, ficou marcada por uma passadeira pouco vermelha, com dezenas de actrizes a vestir preto para continuar o protesto contra as agressões sexuais na indústria. Angelina Jolie, Jennifer Lawrence, Margot Robbie e Octavia Spencer foram algumas das estrelas com vestidos negros.  

+ Óscares 2018

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade