A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Bistro 100 Maneiras: a cozinha de Ljubomir agora é servida todo o dia

Por Mariana Correia de Barros
Publicidade

Boas notícias para os aficionados da cozinha de Ljubomir Stanisic: o Bistro 100 Maneiras começou a abrir, desde o final de Maio, durante todo o dia.

A notícia chegou sob a forma de e-mail, com o sugestivo título “Bistro soma e segue”, e lá dentro explicado na fórmula “Bistro soma (horas) e segue (rumo ao Verão)”. Mas é impossível não associar também a frase à última distinção do espaço, em terceiro lugar na lista dos 50 melhores do mundo para a Monocle, sendo o único português nos dez primeiros.

Adiante. A porta está agora aberta todos os dias do 12.00 às 02.00 e quem a atravessa pode ter experiências diferentes, consoante as horas do dia. Aos almoços há um novo menu, servido até às 15.00. A alguns pratos incontornáveis do restaurante, como o burek jugoslavo com queijo e espinafres (11€) ou o tataki de entrecôte com cogumelos e ovo (27€), juntam-se outros pratos sazonais dos jantares, como as lulas de anzol grelhadas com risoto de lima e tapenade (28€), por exemplo. A nova veia dita mais vegetariana, que o chef tem vindo a explorar no restaurante Terroir, no Six Senses Douro Valley, chega ao Bistro sob a forma de saladas, como a de beterraba e queijo de cabra (14€) ou a de endívias, nozes, queijo de São Jorge e pólen de abelha (12€, chamada Endiviamento público).

O mítico burek jugoslavo
© Fabrice Demoulin / 100 Maneiras

No almoço de apresentação, onde se viajou por boa parte da carta, Ljubomir Stanisic explicou que a carta é “um conjunto de coisas mais frescas. Muitas saladas, coisas para picar.” É certo que há pratos individuais, mas pode lá ir em modo partilha, que sempre foi um dos motes do restaurante.

Salada Amor e uma quinoa
© Fabrice Demoulin / 100 Maneiras

Na ementa de almoço há ainda uma série de pratos para picar, parte da sempre presente secção do menu “No picanço”, muitos dos quais fazem parte do novo menu matiné, servido entre as 15.00 e as 19.00. Coisas gulosas como as cascas de batata, num molho com trufa (7€), o choco com “panka” (11€) ou os croquetes de cozido (12€). Faz parte deste menu da tarde (de lanches?) também o clássico melhor hambúrguer do Largo da Trindade (12€).

A regar tudo, como sempre, estão as criações do barman Jorge Camilo, que teve o cuidado de pensar que quem lá vai almoçar ou passar a tarde pode ter outros afazeres a seguir. Preparou então uma carta com vários cocktails sem álcool delicioso o Matcha Matcha Man, com erva-príncipe, abacaxi, kumquat, hortelã, dashi e limão (6€) onde entram também as kombuchas caseiras.

The Devil's Avocado, um cocktail de abacate, abacaxi, maçã, rúcula e coentros
© Fabrice Demoulin / 100 Maneiras

E nunca é demais relembrar que agora sim, a luz de Lisboa pode finalmente ser aproveitada na sala do primeiro andar do Bistro 100 Maneiras, especialmente nas mesas ao lado da janela já leva o recado para a telefonema da marcação.

Largo da Trindade, 9 (Chiado). Seg-Dom 12.00 às 02.00. Reservas: 91 030 7575.

Os melhores restaurantes do Chiado

Últimas notícias

    Publicidade