A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Teste rápido antigénio
©x3/Pixabay

Câmara de Lisboa passa a comparticipar um teste de antigénio a cada três dias

O Plano Municipal de Testagem de Lisboa já foi limitado a dois testes mensais, depois tornou-se ilimitado e agora comparticipa um teste a cada três dias aos utentes que tenham esgotado o número de testes oferecidos pelo Serviço Nacional de Saúde.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

Aponte no seu bloco de notas de instruções sobre a pandemia: em Lisboa, cada pessoa poderá fazer um teste a cada três dias, depois de ter esgotado o número de testes comparticipados pelo Serviço Nacional de Saúde, fixados num máximo de quatro por mês.

A Câmara Municipal de Lisboa volta assim a limitar o número de testes antigénio comparticipados, e que podem ser feitos na rede de farmácias aderentes e nos postos fixos de testagem, embora não tenha regressado ao limite de dois testes por mês (e por morador), o número máximo de testes comparticipados no arranque do Plano Municipal de Testagem, lançado em Março deste ano.

Em Junho, o plano deixou de ter qualquer tipo de limite, de testes e de pessoas, já que a oferta se estendia a qualquer cidadão, residente ou não em Lisboa. O mesmo acontece nesta nova alteração de planos que apesar de voltar a estabelecer limites para o número de testes, está aberta a moradores e não-moradores.

+ Lisboa reforça testagem de rua com abertura de mais três postos

+ Lisboa não terá fogo de artifício na passagem de ano

Últimas notícias

    Publicidade