Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Cinco anos depois, o centro de Lisboa volta a ter Loja do Cidadão
Notícias / Vida urbana

Cinco anos depois, o centro de Lisboa volta a ter Loja do Cidadão

loja do cidadao
Fotografia: Inês Félix

Lisboa tem um novo espaço de atendimento, recheado de serviços, oficialmente inaugurado esta quarta-feira no Mercado 31 de Janeiro, no Saldanha. 

Os lisboetas mais assíduos da antiga Loja do Cidadão dos Restauradores, encerrada há cinco anos, andavam órfãos de serviços na zona mais central da cidade, uma lacuna colmatada agora com a inauguração da esperada Loja do Cidadão do Saldanha, localizada no primeiro piso do Mercado 31 de Janeiro, também ele remodelado em 2014. Um espaço da cidade que poderá ver reforçado o número de clientes que escoam das escadas rolantes que dão acesso à Loja do Cidadão (ou Loja de Cidadão).

Fotografia: Inês Félix

Lá em cima poucas cadeiras se encontravam livres, numa área total de 2400m2 que inclui bastantes serviços. Entre eles Finanças, Instituto da Segurança Social, Instituto de Registos e Notariado (IRN), Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), serviços de renovação do Cartão do Cidadão e Passaporte, EMEL, Carris, Gebalis, Espaço Cidadão ou Iniciativa Lisboa, um serviço destinado a empreendedores e investidores, ou mesmo um Espaço Óbito.

Fotografia: Inês Félix

O investimento neste novo espaço de atendimento ao público rondou os 2,2 milhões de euros e espera-se que sejam aqui atendidos cerca de 700 mil cidadãos por ano, com a ajuda de 154 funcionários e duas novidades no atendimento: a distribuição antecipada de senhas, 15 minutos antes da abertura da loja, e uma equipa de mediadores que têm por missão encaminhar os cidadãos para os serviços que pretendem utilizar. Também a ajudar está uma moderna máquina de café, que fala cinco línguas e serve cafés, cappuccinos e chocolates quentes a 40 cêntimos.

+ Ponte pedonal junto ao Museu dos Coches finalmente aberta ao público

+ Mercados para comprar peixe fresco em Lisboa

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments