A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
padrão dos descobrimentos
Padrão dos Descobrimentos

Dia Internacional dos Monumentos e Sítios celebra-se online

Por Raquel Dias da Silva
Publicidade

O mundo mudou em poucas semanas, mas a nossa herança comum permanece inalterada. Para assinalar o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, a 18 de Abril, a Direcção-Geral do Património Cultural lança o repto para que todos, ainda que em isolamento, possam celebrar a data, através de iniciativas online como visitas e exposições virtuais e a partilha de documentários.

Este ano, o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, subordinado à temática do Património Partilhado, será celebrado de uma forma pouco comum. Mas a programação, exclusivamente online, promete honrar as actividades habitualmente organizadas em todo o país. Para não perder pitada, a Direcção-Geral do Património Cultural lançou uma plataforma, em parceria com o Conselho Nacional dos Monumentos e Sítios, onde estão a ser partilhadas várias iniciativas, desde exposições virtuais até séries de episódios sobre curiosidades culturais de diferentes territórios.

São mais de 300 as actividades já partilhadas na nova plataforma da DGPC. A decorrer todas online, mas a partir de diferentes pontos do país, é possível controlar a selecção apresentada através da escolha de distrito e até de concelho.

Na Grande Lisboa, há pelo menos uma centena de propostas, como a do Padrão dos Descobrimentos, que este ano quer levar a história do monumento e de Belém até às salas de estar de todo o país, através da partilha de dois documentários: A Construção de um Símbolo, de Edgar Medina, e a Breve História de Belém, uma produção do Padrão dos Descobrimentos e da Videoteca Municipal, estão disponíveis para visualização no Vimeo até às 00.00 de 19 de Abril.

Entre os monumentos e sítios da cidade de Lisboa, encontram-se ainda o Museu Nacional de Arqueologia, o Museu Nacional dos Coches, o Museu Nacional de Teatro e Dança e o Museu Nacional do Traje. Destaca-se ainda a Assembleia da República, com várias actividades, como a exposição virtual do Núcleo Museológico de Estudos para o Hemiciclo ou as visitas virtuais em 360º através da app do Parlamento.

Desde quizzes, como o “Sabias que” do Museu do Dinheiro, até às visitas virtuais em 3D às Galerias Romanas da Baixa, disponíveis a partir desta sexta-feira, o que não falta são coisas para fazer online nos monumentos e sítios da capital, mas também de outros distritos do país.

O Dia Internacional dos Monumentos e Sítios é assinalado desde 18 de Abril de 1982 pelo Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, tendo sido aprovado pela UNESCO no ano seguinte. A partir de então, representa um momento anual de celebração da diversidade patrimonial e da solidariedade internacional em torno da salvaguarda e da valorização do património de todo o mundo. “Este é, realmente, um tempo de partilha, de resistir através da cultura, da união e da imaginação, e o património é, sempre, um factor de identidade, de esperança e de criação”, lê-se em nota informativa da DGPC, que também tem estado a partilhar, na sua página de Facebook, fotografias, vídeos e reportagens sobre monumentos de norte a sul de Portugal.

+ Visitas aos museus de Lisboa dentro de casa

Últimas notícias

    Publicidade