Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Dia Mundial da Árvore: temos Parque Urbano do Vale da Montanha
Notícias / Vida urbana

Dia Mundial da Árvore: temos Parque Urbano do Vale da Montanha

parque urbano do vale da montanha

Já por aqui se passeava, mas foi hoje oficialmente inaugurado o Parque Urbano do Vale da Montanha. E é enorme.

Numa das entradas do parque, junto ao cruzamento das Avenidas Almirante Gago Coutinho e Marechal António Spínola, dezenas de alunos do primeiro ciclo ajudavam a plantar árvores do novo espaço verde. Pouco tempo depois chegava a vez de Fernando Medina instalar na terra um choupo branco, uma das espécies autóctones que decoram o parque. É o Dia Mundial da Árvore, que se tornou também a data oficial da inauguração desta obra iniciada em 2015 e uma das peças do programa Corredor Verde Oriental, que liga o Parque Vinícola de Lisboa (junto à Rotunda do Relógio) ao futuro Parque Ribeirinho Oriente.

crianças no parque urbano do vale da montanha

Isto quer dizer que estes 11 hectares, com ciclovia, caminhos pedonais, muita verdura, equipamentos de fitness e até outro parque infantil numa área mais elevada, são apenas a primeira fase. Brevemente será iniciada uma segunda fase inserida no programa de expansão do Corredor Verde Oriental, que no seu conjunto terá uma extensão de cerca de 150 hectares, assegurando a ligação do Areeiro à zona ribeirinha de Marvila.

Para já, nesta que é a entrada principal do Vale da Montanha há um gigante equipamento lúdico para crianças, que mal pararam de ser jardineiros se tornaram acrobatas. Ao lado, uma área rodeada de bancos de pedra e pronta para receber eventos. A poucos passos um quiosque que só abrirá no final de Abril, mas que já tem nome escolhido: Descasca. A concessão foi atribuída ao projecto das irmãs Carolina Tábuas e Liliana Tábuas, moradoras da freguesia que vão propor aos clientes o descascar de tudo o que são preocupações e substituir o stress por comida saudável (como saladas, sumos naturais ou açaí) ou comida tradicional portuguesa (das fogaças à tarte de amêndoa, que provámos e aprovámos). O próprio quiosque será responsável por alguma dinamização cultural nesta entrada do parque e esperam-se algumas surpresas.

+ Os melhores parques e jardins em Lisboa

+ Carris: uma app para lhe facilitar a vida

Publicidade
Publicidade

Latest news