A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
49 da ZdB
© Ana LuziaEm Lisboa, o festival tem lugar na icónica Galeria Zé dos Bois

Festival Ano 0 dá a conhecer as vanguardas artísticas do país em Setembro

Entre 3 e 4 de Setembro, Lisboa e Barreiro serão palco de um festival que celebra artistas emergentes e comunidades marginalizadas.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

A 3 e 4 de Setembro, a segunda edição do Ano 0, um festival comunitário organizado pela Rádio Quântica, está de volta para “celebrar o melhor das novas propostas vanguardistas nacionais por partes de artistas emergentes e de comunidades marginalizadas”. Depois da primeira edição, que se realizou em 2019, a Galeria Zé dos Bois, no Bairro Alto, e a Adão, no Barreiro, são os espaços que receberão o festival.

Este ano o festival regressa “expandido e reforçado, com música, moda, performance, workshops, activismo e conversas – tudo num misto presencial e online, dependendo das restrições em vigor à data”, detalha uma nota da organização. O primeiro dia do evento realiza-se na ZDB, em Lisboa, e terá música a cargo de Nigiri Ice, Puta da Silva, Alesa Herero ou King Kami. As performances ficarão a cargo de Luan Okun e CRU. A conversa será garantida por Casa T e o workshop para os mais novos será direccionado para a arte do DJing com Phoebe.

Na outra margem, as actuações de Tristany, Nídia, Cookie Jane ou DJ Caring são alguns dos nomes no cartaz. Kahumbi actua numa performance e Nossa Fonte dá o mote para a conversa. O workshop para miúdos será sobre produção musical e fica a cargo de Violet.

Os bilhetes serão postos à venda em breve no site do evento e terão o custo de 16€ para os dois dias e de 9€ apenas para uma das datas.

+ Time Out Lisboa está de volta às edições em papel com revista premium

+ Time Out reforça equipa de críticos gastronómicos

Últimas notícias

    Publicidade