• Notícias
  • Vida urbana

Festival Política: dos debates ao speed date com deputados

queer 2011 no s jorge
©DR

Um speed date com deputados, lançamentos de livros, debates, documentários e exposições, o Festival Política vai ocupar o São Jorge com tudo isto, de quinta-feira a domingo. Nesta segunda edição, a discussão assenta nas questões de igualdade e direitos humanos.

“Pretendemos causar um apelo à consciência cívica e combater a inércia da sociedade portuguesa. No exercício da defesa dos nossos direitos e no dos outros”, diz-nos Bárbara Rosa, responsável pela programação do festival juntamente com Rui Oliveira Marques. “Cabe-nos a nós, cidadãos. exigir mais e melhor, mas só podemos fazê-lo se estivermos informados, e o festival serve para ajudar nesse aspecto.”

Os debates são um ponto forte no evento com temas como  “A Justiça é racista?” (qui 17.30) ou “Que diversidade religiosa existe em Portugal?” (sex 17.00), temáticas actuais que querem chamar a atenção dos mais jovens.

“Ao contrário do que muitos dizem – que os nossos jovens não querem saber de assuntos políticos e que não estão envolvidos – aqui mostra-se o contrário. Basta haver actividades com que eles se identifiquem.”, afirma Bárbara. “Isto é um evento apartidário, porque na política temos é de salvaguardar os valores e não cairmos em populismos e fundamentalismos.”

Na quinta-feira, dia de abertura do festival, o Canal 180 faz curadoria de três filmes que passam a partir das 18.30, com a presença de Thomas Mandl, fotógrafo e activista organizador do “What Else Europe”, um encontro anual de jovens que pretende debater os valores da União Europeia.

Na sexta-feira, às 18.30, pode participar no speed date com deputados de todas as bancadas parlamentares e partilhar ideias que nunca teve oportunidade de o fazer cara a cara. “Queremos promover uma proximidade que não existe entre eleitos e eleitores, porque há um divórcio entre os cidadãos e as instituições. Só através da proximidade é que conseguimos construir este trabalho colectivo de que precisamos para quebrar barreiras”, confessa Bárbara, que alerta para a necessidade de inscrição nesta actividade.

Ainda na sexta, Lila Fadista faz da Sala Manoel Oliveira palco para mais um Fado Bicha, às 21.30. Logo a seguir, às 22.00, juntam-se à festa três filmes de temática LGBT.

Chega o fim-de-semana e com ele algumas actividades direccionadas às crianças, como é o caso do projecto Mala Mágica, do Chapitô, a cargo de um workshop de capoeira, às 15.00.

O Festival Política termina no domingo, às 18.30, com o filme City of Ghost, de Matthew Heineman, assinalando a sessão de encerramento do evento com uma história de activistas anónimos que se juntaram depois de a Síria ter sido tomada pelo autoproclamado Estado Islâmico, em 2014.

Pode consultar a programação completa aqui

Cinema São Jorge. 19 a 22 Abril. (Inscrições: festivalpolitica@gmail.com). Entrada livre.

+ Dez coisas grátis para fazer em Lisboa esta semana

+ Mercado de Santa Clara recebe feira de criativos no próximo fim-de-semana

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments