A Time Out na sua caixa de entrada

chapitô
Mariana Valle Lima

Friendly Fire está de regresso ao Chapitô à Mesa para segunda temporada

Jantares acontecem todas as segundas-feiras do mês de Setembro. Pedro Abril, chef responsável, convida chefs amigos para dar a conhecer uma nova geração.

Por Sebastião Almeida
Publicidade

Depois do sucesso da primeira temporada de jantares especiais no Chapitô, os takeovers Friendly Fire estão de volta de 7 a 28 de Setembro. Pedro Bandeira Abril, chef e um dos sócios do Chapitô à Mesa, arrancou com estes eventos depois do confinamento, para ajudar a dinamizar os negócios de cada um dos chefs que participam.

Não há menus fixos e cada chef terá dois ou três pratos no cardápio. Os preços serão justos, entre os cinco e os sete euros. A 7 de Setembro, a programação arranca com Tiago Lima Cruz, Pedro Forato da mercearia do Prado, Marta Figueiredo da Estrela da Bica e Miyuki Kano, ex-pasteleira do SÁLA e do Kanazawa.

A 14 de Setembro, Leonor Godinho da Musa da Bica, José Saudade e Silva do Cacué, João Baião, Cristiano Barata e Miguel Diniz (responsáveis pelo takeover da Musa da Bica em Agosto) e William Ferro Melo são os convidados que se seguem.

A 21 de Setembro, Mateus Freire do Faz Frio, Nikita do Celmar no Meco, Pedro Monteiro da Fábrica da Musa e Joana Xardoné ex-Apicius, compõem o cartaz do terceiro dia de jantares.

A encerrar o ciclo, a 28 de Setembro, a noite ficará a cargo de José Paulo Rocha d’O Velho Eurico, Bernardo Agrela, responsável pela projecto de restauração do Hub Criativo do Beato, Manuel Liebaut do FOGO e Carolina Pereira, pasteleira do LOCO

Os jantares começam sempre às 18.00, para aproveitar o fim de tarde, e prolongam-se até às 23.00, sendo que é aconselhada a reserva de mesa através do email reservas@chapitoamesa.pt.

+ Leia grátis a nova Time Out Portugal

+ Os novos chefs da gastronomia lisboeta

Últimas notícias

    Publicidade