A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
santa apolónia
Fotografia: Ana Luzia

Greve deve perturbar circulação de comboios até domingo

Os primeiros dias do novo ano devem ser marcados por constrangimentos na circulação. Está prevista greve entre os dias 3 e 8 de Janeiro.

Raquel Dias da Silva
Escrito por
Raquel Dias da Silva
Publicidade

A CP já tinha anunciado paralisações até esta segunda-feira, 2 de Janeiro, mas as perturbações vão prolongar-se por mais uns dias. O SMAQ – Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses convocou greve para o período entre as 00.00 de terça-feira, 3 de Janeiro, e as 23.59 de domingo, 8 de Janeiro.

Para os dias 4 e 5 de Janeiro, foram definidos serviços mínimos, que podem ser consultados online no site da CP, para Alfa Pendular e Intercidades, Regional, InterRegional e Internacional, Comboios Urbanos do Porto e de Coimbra e Comboios Urbanos de Lisboa. Aos clientes que já tenham bilhetes adquiridos para viajar nesses comboios, a CP garante o reembolso total ou a revalidação gratuita para outro comboio da mesma categoria e na mesma classe.

“O reembolso pode ser solicitado nas bilheteiras e em cp.pt através do preenchimento do formulário online, com o envio da digitalização do original do bilhete e indicação de nome, morada postal, IBAN e NIF, até dez dias após terminada a greve”, lê-se em nota da empresa.

De acordo com nota publicada no site do SMAQ, a greve foi marcada na sequência da “gritante ausência de uma proposta de actualização salarial que cubra a inflação registada em 2022”, bem como na “incapacidade para resolver os problemas” que afectam os maquinistas, desde as instalações sociais degradadas à falta de condições de segurança.

+ Lisboa-Madrid vai ficar a menos de nove horas de comboio

+ A nova Time Out Lisboa de Inverno já está nas bancas e cheira a Verão

Últimas notícias

    Publicidade