A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Há um novo espaço Verde e venezuelano no Mercado de Campo de Ourique

Por
Ines Garcia
Publicidade

A oferta do Mercado de Campo de Ourique cresceu com o Verde, um espaço que serve cozinha sul-americana e chás naturais.

Oliver Gil e Carolina Lara, luso-venezuelanos, já tinham um carrinho de tapas no Passeio Marítimo de Belém quando surgiu a oportunidade de explorarem um bocadinho as suas raízes num novo espaço no Mercado de Campo de Ourique. “É um conceito de fusão entre a comida mediterrânica e a comida da América do Sul”, explica Oliver sobre o Verde, que conta com mais dois sócios.

As mini arepas
©DR

Aqui servem arepas, um pãozinho achatado e recheado, feito apenas com farinha de milho branco, água, sal e um fio de azeite, típico da Venezuela. A massa é feita no espaço diariamente e assada e recheada no momento. Há 11 opções: a reina pepiada, com abacate, peito de frango desfiado e ervas aromáticas (5€), a carne mechada, com carne de vaca cozida em lume brando durante cinco horas (5€), a ibérica, com presunto e queijo (5,50€), uma com picanha grelhada (6€) ou uma dedicada a Ronaldo, com bacalhau cozido (5,50€). “Fazer arepas é como fazer sandes, as possibilidades de recheio são infinitas”, diz Oliver. Acabaram por chegar a estas por considerarem que são os sabores que “melhor se enquadram no mercado luso” – se estiver muito indeciso sobre qual comer, há a possibilidade de pedir uma degustação de cinco mini arepas (9,50€).

Há cinco saladas disponíveis e é possível acrescentar sempre a proteína
©DR

Além deste pão venezuelano, há várias opções de saladas, como a verde, com espinafres baby, abacate, tomate cherry, pimentos, azeitonas, iogurte grego com pêras caramelizadas e sementes de abóbora (8€) ou a capresa, com tomate, abacate, queijo mozarela fresco, manjericão, amêndoas e pesto (7,5€). A cada uma das cinco saladas é possível acrescentar a proteína (frango, picanha, salmão, camarões grelhados, ovo ou carne de vaca) e guacamole.

Não esquecendo o sítio onde estão, o Mercado de Campo de Ourique, muitas vezes escolha também para início de noite e petiscos, acrescentaram os nachos mexicanos, as empanadas argentinas (quatro unidades, 8€) e os tequeños, uma especialidade venezuelana feita com farinha de trigo e recheado com queijo.

No balcão do Verde há ainda uma parte dedicada aos chás, que se dividem em seis categorias: chá preto, branco, verde, infusões de frutos, puh-er e rooibos. São feitos no momento e arrefecidos com gelo. Se preferir um cocktail, aqui também os servem, com rum (a partir de 6,50€).

Mercado de Campo de Ourique, Rua Coelho da Rocha (Campo de Ourique). Seg-Dom 10.00-23.00.

+ Os melhores restaurantes saudáveis em Lisboa

+ Sítios para comer comida brasileira em Lisboa, do pão de queijo à feijoada

Últimas notícias

    Publicidade