Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Há uma montra no Restelo que celebra a ida à Lua
50 anos da chegada do homem a lua
Fotografia: Manuel Manso A exposição no Bairro do Restelo

Há uma montra no Restelo que celebra a ida à Lua

Publicidade

Em 1969, era lançado o foguetão Saturn V em direcção à Lua. A bordo iam três astronautas, entre eles Neil Armstrong, o primeiro humano a pôr os pés na Lua, na chamada missão Apollo 11, uma história que já passou pelo cinema e que agora está à vista de todos numa das montras do Centro Comercial do Restelo, o mesmo da famosa pastelaria Careca.

A vitrine pertence à Lavandaria Pressing, que cedeu o espaço a Miguel Buzaglo, fotógrafo, morador no bairro desde 1957 e fundador da Bzzz Design, através da qual vai criando peças efémeras de arte pública no bairro. Neste caso, uma pequena montra cheia de informação sobre a viagem à Lua, com materiais oferecidos pela própria NASA, impressos com o patrocínio da alfacinha Eurocartazes, localizada junto à Lx Factory. Mas não só. Um dos destaques da mini-exposição vai para uma réplica em LEGO do Saturn V, com 1900 peças, que Miguel começou a encaixar em Fevereiro. Só depois, quando se lembrou que este ano se comemoram os 50 anos da chegada do Homem à Lua, é que começou a mergulhar na história do foguetão e daí à instalação desta pequena exposição foi um tirinho.

Da NASA conseguiu alguns materiais gráficos, mas há mais elementos neste vitrinismo cultural. No OLX comprou algumas edições de revistas que em 1969 fizeram cobertura do acontecimento, como a Flama e o Século Ilustrado. Alguns amigos arranjaram-lhe a Paris Match e em casa Miguel tinha uma edição do Diário de Notícias, bem como o livro Da Terra à Lua, de Júlio Verne, que na exposição está acompanhado por uma legenda com duas previsões literárias, muito ao seu estilo: tal como a realidade, a viagem do escritor incluía um módulo com três astronautas e um local de partida muito próximo do real, apenas a 30 km de distância. A decorar estão ainda algumas pedrinhas a fazer de conta que vieram de muito longe.

A instalação tem sido um sucesso, servindo pequenas visitas de estudo locais e enchendo as medidas a ilustres como o cineasta Joaquim Sapinho, que felicitou Miguel pela iniciativa. As luzes da montra estão ligadas entre as 11.00 e as 23.00 e em exibição estão sequências em vídeo em dois tablets, uma com 5 minutos e outra com 20, com mais informações sobre a grande aventura lunar.

Já a aventura na montra não é a única: ao virar a esquina há uma outra, também da lavandaria, cheia de ferros de engomar de todas as épocas que fazem parte da sua colecção privada. Para a montra agora ocupada por foguetões e astronautas, Miguel já tem uma ideia para arrancar em Julho, por alturas do Tour de France e podemos adiantar que duas bicicletas especiais de corrida estarão em exibição. O resto é história.

+ A música de Hogwarts está a chegar a Sintra para dois concertos interactivos

+ O melhor de Belém

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade