A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Eyimofe
©IndieLisboaEyimofe

IndieLisboa anuncia uma programação transversal

Por Tiago Neto
Publicidade

O IndieLisboa devia ter começado hoje, quinta-feira. Não foi possível, mas a organização aproveitou a data para anunciar a programação da 17.ª edição. Já os canais TVCine, parceiros habituais do festival, exibem hoje, a partir das 18.40, Isco (Bait), de Mark Jenkin, e mais três filmes premiados em 2019.

Com o calendário alterado devido à pandemia de Covid-19, a organização do IndieLisboa anunciou "uma programação transversal que cruza fronteiras, aproxima culturas e dá voz a movimentos que vêm marcando a história". Destacam-se a retrospectiva do realizador senegalês Ousmane Sembène e uma retrospectiva que celebra os 50 anos do Fórum da Berlinale, com filmes exibidos na sua primeira edição.

Em competição internacional estarão este ano 31 curtas-metragens e 12 longas. Entre as longas-metragens, Baamum Nafi / Nafi's father, do senegalês Mamadou Dia, e Eyimofe / This Is My Desire, de Arie Esiri e Chuko Esiri, da Nigéria, são os grandes destaques.

Na secção de curtas, sobressaem Tendre, de Isabel Pagliai, Moving, de Adinah Dancyger, o Déjeuner sur l’herbe, de Jocelyn Charles, Jules Bourges, Nathan Harbonn Viaud e Pierre Rougemont, ou Os Últimos Românticos do Mundo, de Henrique Arruda. Este último estreou-se no festival de Tiradentes em 2020 e constitui "uma das fortes apostas deste festival".

Já na secção Silvestre há 22 curtas-metragens seleccionadas e 17 longas. Serão exibidos os últimos trabalhos de realizadores reconhecidos, como Bruno Dumont, Sergei Loznitsa, Radu Jude ou Tsai Ming-Liang. Mas também há sangue novo: Monia Chokri, Camilo Restrepo, ou o colectivo The Living and the Dead Ensemble são alguns dos nomes que vale a pena decorar.

A programação completa para esta edição do IndieLisboa, incluindo os filmes portugueses que integram a Competição Nacional, a secção Novíssimos e as Sessões Especiais, estará disponível, a partir do final de Julho, no site e aplicação oficiais. A estas juntar-se-ão as oficinas e actividades do IndieJúnior, o programa IndiebyNight e as LisbonTalks, assim como os vários momentos de encontro entre o cinema e outras áreas artísticas.

A 17.ª edição do IndieLisboa decorrerá agora de 25 de Agosto a 5 de Setembro no Cinema São Jorge, Culturgest, Cinema Ideal e Cinemateca Portuguesa, este último excepcionalmente aberto durante o mês de Agosto.

+ Netflix e ICA vão premiar os melhores argumentistas portugueses

Últimas notícias

    Publicidade