A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Sublime comporta
©Nelson Garrido

Jantar à portuguesa na Comporta: canja de ostra, falsa cabidela e tártaro de minhota

Hélio Gonçalves convidou quatro chefs para juntos prepararem uma refeição especial. Cada um terá de preparar uma entrada e um prato principal.

Escrito por
Cláudia Lima Carvalho
Publicidade

Há jantares que não se repetem ou dificilmente voltam a acontecer da mesma forma. As refeições preparadas a várias mãos, com a cozinha a ser partilhada por chefs que habitualmente não trabalham em conjunto, são disso bom exemplo. Este mês está marcado um desses jantares no Sublime Comporta, a 30 de Outubro. Hélio Gonçalves, o chef executivo do hotel de luxo na Comporta, convidou quatro chefs para se juntarem a ele no restaurante Sem Porta. 

De Lisboa, foram convidados os chefs Nuno Barros (1300 Taberna) e Luís Gaspar (Sala de Corte). De Santarém, vai Rodrigo Castelo (Ó Balcão), e do Algarve, Ricardo Luz (Palmares Ocean Living & Golf). O desafio é que cada chef prepare uma entrada e um prato principal, seguindo aquilo que fazem nos seus restaurantes.

“Em todos me revejo e identifico na forma de pensar e interpretar a cozinha”, destaca, em comunicado, Hélio Gonçalves, que apresentará para entrada uma canja de ostra, enguia fumada e gema de codorniz curada (18€), e um arroz “lavrador” de Alcácer (26€) como principal. “Foi por isso que os escolhi para se juntarem a mim neste jantar tão especial”. 

Com a escolha destes chefs, Hélio Gonçalves pretende ir buscar diferentes zonas e formas de representar a gastronomia local e portuguesa. No caso de Rodrigo Castelo, o Ribatejo estará representado à mesa com um cremoso de caranguejo e lagostim do rio (20€) e uma falsa cabidela de enguia (28€). Ricardo Luz trará do Algarve um xerém de conquilhas e torresmo do mar (moreia), 16€, e uma açorda de ovas com robalo assado e molho do mesmo (32€).

Já Nuno Barros levará para a Comporta uma tosta de escabeche de coelho branco e pinhões (16€) como entrada, e presas de porco preto e arroz de forno de choco (28€) como prato principal; enquanto Luís Gaspar apostará num tártaro de minhota galega e gamba da costa (18€), e rabo de boi, aipo assado e jus de cogumelos (29€).

A reserva para este jantar é obrigatória (269 449 376 ou restaurant@sublimecomporta.pt).

+ Ocean, no Algarve, é o melhor restaurante de luxo do mundo

+ Menu de aniversário do Sála é um best of – e só tem um mês para o provar

Últimas notícias

    Publicidade