A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Kitchenette pop-up store
©Inês Félix

Kitchenette organiza jantares privados em morada secreta

A primeira experiência acontece entre os dias 4 e 6 de Novembro. Nos comandos da cozinha vai estar a chef singapuriana Wei Ling, do projecto Come Eat Dinner.

Escrito por
Teresa David
Publicidade

Deu cor e vida a Campo de Ourique, marcou a agenda gastronómica e continua a inovar. A cor-de-rosa Kitchenette prepara-se para nos deixar às escuras com o lançamento de jantares privados num espaço cuja morada permanece no segredo dos deuses. A primeira experiência, que acontece entre os dias 4 e 6 de Novembro, apresenta o supper club que começou em Londres e que agora está no Porto, Come Eat Dinner, da chef singapuriana Wei Ling.

"O objectivo é dar a conhecer projectos que já têm algum estatuto e temos investido em trazer projectos do Norte para Lisboa", diz Ana Resendes, da Kitchenette. A localização dos jantares, com capacidade para onze pessoas, é desvendada pouco tempo antes do evento. O custo é de 30€ e as reservas são feitas através das redes sociais da loja. Wei Ling vai preparar três entradas, um prato principal e uma sobremesa.

Já na loja pop-up, o Come Eat Dinner chega com outros formatos. No primeiro dia, 1 de Novembro, vai estar com um brunch de cachorros e tostas em estilo asiático. No dia 2 e 3, há um menu pensado para as refeições pós-trabalho. E para terminar a sua presença em Lisboa, a chef Wei Ling dará um workshop de dim sum no dia 7. 

A volta ao mundo continua para uma celebração do "Día de los Muertos", a 5 e 6 de Novembro. A Kitchenette recebe o projecto Potzalia com um menu recheado de tacos (com opção vegan), enchiladas com frijoles charros, guacamole com totopos, bolo de milho e pudim de guayba com picante feitos pela mexicana Sandra Potzalia.

+ Convidados especiais às terças-feiras? São os ossos do Ofício

+ A Curae já não é só uma loja de plantas, agora é também um café-restaurante

Últimas notícias

    Publicidade