A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Estádio Nacional
Mariana Valle LimaEstádio Nacional

Lançada primeira pedra para reabilitar Estádio Nacional

Até 7 de Março, serão escolhidos cinco melhores projectos para obra que vai custar entre 1 milhão e 25 milhões de euros. Concurso abriu ontem, 22 de Janeiro.

Escrito por
Rute Barbedo
Publicidade

Negligenciado durante décadas, como lamentou o primeiro-ministro António Costa, o Estádio Nacional vê agora virar-se a página do seu processo de degradação, já que foi lançado na segunda-feira, 22 de Janeiro, o concurso para escolher a equipa projectista que reabilitará o equipamento. A primeira fase do concurso decorre até 7 de Março e tem como objectivo a selecção dos cinco melhores projectos para mudar a cara à infra-estrutura inserida no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras.

A reabilitação do recinto construído em 1944 e onde acontece, por tradição, a final da Taça de Portugal de futebol implica a modernização do espaço desportivo e da sua envolvente, tornando possível o retorno à prática regular de treinos, formações e eventos desportivos nacionais e internacionais, conforme se pode ler no descritivo do concurso. Com a obra, com um valor-base previsto de um milhão de euros e um tecto de 25 milhões, pretende-se, ainda, "centralizar as diversas actividades das federações, conferindo-lhes uma maior eficácia nas suas missões".

Apesar das condições precárias, o Estádio Nacional continua a receber a final da Taça (à excepção dos anos de pandemia) e chegou a servir de base ao Casa Pia Atlético Clube na época passada, quando a equipa chegou à I Liga. Em Março, o espaço esteve prestes a perder a autorização para receber os jogos da I Liga, por questões relacionadas com segurança, controlo e acesso de adeptos, iluminação, acesso aos balneários e condições para os adeptos nas bancadas, explicou na altura a Liga Portugal ao jornal Expresso. Já em 2012, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, receava que não se pudessem realizar mais finais da Taça no Jamor. O Estádio Nacional não reúne as condições de segurança adequadas à realização de uma final, dizia, citado pela agência Lusa. Nos últimos meses, o velhinho estádio tem sido utilizado pelo Racing Power, da Liga BPI, o principal escalão de futebol feminino.

+ Da inquisição à tragédia do Meco: 24 catástrofes num guia “irónico” de turismo

+ Será que sabe tudo sobre Lisboa? Há um novo jogo de mesa para descobrir

Últimas notícias

    Publicidade