A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
David Cronenberg
©DRCrimes of The Future, de David Cronenberg

LEFFEST: rebelião, reclusos e mais uma chuva de estrelas

O LEFFEST – Lisbon & Sintra Film Festival regressa entre os dias 10 e 20 de Novembro aos dois concelhos vizinhos, numa edição que conta com a presença de Michael Fassbender, David Cronenberg e John Malkovich e um programa que inclui Dino D’Santiago e um grupo de reclusos coreografados por Olga Roriz.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

A programação da próxima edição do LEFFEST foi anunciada esta quinta-feira e vai ocupar quatro salas entre Lisboa e Sintra. O Cinema Nimas, o Teatro Tivoli, o Centro Cultural Olga Cadaval e o MU.SA – Museu das Artes de Sintra serão as salas do festival de cinema, que acontece entre os dias 10 e 20 de Novembro. Além das selecções oficiais da competição e fora dela, o LEFFEST presta homenagem ao realizador português Sérgio Trefaut, ao actor norte-americano Jim Carrey e também ao movimento de cinema negro L.A. Rebellion, que marcou uma geração de realizadores entre os anos 60 e 80 do século passado. Destaque ainda para um ciclo temático que quer aproximar o público da vivência nas prisões.

A Selecção Oficial em Competição reúne 11 filmes produzidos no último ano na Europa, Ásia e África, entre eles Nação Valente, uma co-produção portuguesa, angolana e francesa dirigida pelo realizador Carlos Conceição, sobre a descolonização em Angola. Um filme que passou pelo Festival de Cinema de Locarno (Suíça), onde conquistou os prémios do Júri Jovem e Europa Cinemas Label. A selecção de filmes, descreve a organização em comunicado, “toma o pulso ao cinema que hoje se faz pelo mundo e reúne jovens realizadores, que vão certamente marcar o cinema do século XXI, e alguns autores consagrados, que nos trazem novas obras, surpreendentes, inovadoras, arriscadas”. Os realizadores estarão presentes para conversarem com o público e o presidente do júri desta edição é composto pelo cineasta francês Olivier Assayas (Personal Shopper, Acima das Nuvens, Irma Vet), ao qual se juntam Julie Dash, cineasta ligada ao movimento L.A. Rebellion; a actriz portuguesa Joana Ribeiro (O Homem Que Matou Dom Quixote, Um Fio de Baba Escarlate); e ainda o arquitecto francês Rudy Ricciotti.

Fora do crivo do júri estarão as obras da Selecção Oficial fora de Competição, composta por filmes que passaram pelos mais importantes festivais de cinema, num total de 17 títulos, aos quais, diz o LEFFEST “se juntarão mais dois ou três a anunciar em breve”. É o caso do filme que marca a abertura desta secção: Crimes of The Future, o regresso de David Cronenberg às longas-metragens, após ter realizado Mapas Para as Estrelas, em 2014. Realizador de obras como A Mosca, eXistenZ, Crash ou Cosmopolis, Cronenberg estará presente na sessão para falar sobre o seu cinema, numa altura em que já se encontra a preparar o seu próximo filme, The Shrouds. Fora de competição serão também exibidos The Lost King, de Stephen Frears, ou EO, de Jerzy Skolimowski, vencedor do Prémio do Júri no Festival de Cannes, realizadores que também vêm a Lisboa acompanhar as sessões.

Esta edição destaca também o movimento cinematográfico L.A. Rebellion (ou Los Angeles School of Black Filmmakers), nascido nos anos 60 na UCLA – Universidade da Califórnia, “um movimento inovador e revolucionário, atento às vivências das comunidade afro-americana no EUA”. No LEFFEST será exibida uma restrospectiva composta por 18 filmes do movimento, acompanhada por uma exposição no MU.SA sobre esta geração de cineastas e também por várias conversas que reúnem, pela primeira vez na Europa, algumas figuras de proa do movimento: Charles Burnett, Billy Woodberry, Julie Dash, Ben Caldwell ou Haile Gerima.

LEFFEST
©DR'Penitentiary', de Jamaa Fanaka (L.A. Rebellion)

O festival inclui ainda um programa especial chamado Romper as Grades, que não só pretende aproximar as vivências das prisões ao público, como também aproximar o cinema dos reclusos, através de um conjunto de eventos únicos. Como um debate com a presença da activista norte-americana Angela Davis, autora de obras como A Liberdade é uma Luta Constante, As Prisões Estão Obsoletas? ou, mais recentemente, Abolition. Feminis. Now., obra cuja autoria partilha com outras autoras, como Gina Dent, que também estará no festival.

Este programa será também composto por um ciclo de filmes onde o actor Michael Fassbender irá apresentar Fome, de Steve McQueen; dois concertos, de Dino D’Santiago (CC Olga Cadaval) e Archie Shepp (Teatro Tivoli); e um espectáculo de dança coreografado por Olga Roriz, com um corpo de bailarinos reclusos do Estabelecimento Prisional do Linhó. Um espectáculo que faz a ligação para uma extensão do LEFFEST nos estabelecimentos prisionais do Linhó e Tires, onde serão projectados filmes para os reclusos, seguidos de conversas com convidados do festival.

O actor Jim Carrey também estará em destaque na programação, com uma retrospectiva dedicada ao actor norte-americano que anunciou ter abandonado a sua carreira no cinema após a estreia do seu mais recente filme Sonic the Hedgehog 2 (2022). Um comediante que brilhou em dramas como Homem na Lua ou Despertar da Mente, dois dos 12 filmes que serão exibidos na retrospectiva “Jim Carrey: Mito ou Realidade?”

A obra do multipremiado realizador português Sérgio Tréfaut merece também uma retrospectiva nesta edição do LEFFEST, que irá exibir a sua obra completa, num total de 13 obras, entre a ficção e o documentário. Em antestreia estará o seu mais recente filme, A Noiva, que integrou a Selecção Oficial do Festival de Veneza, secção Orizzonti.

Outros momentos especiais passam pela exibição da série de Olivier Assayas, Irma Vep, com sessões apresentadas pelo realizador e pela actriz Alicia Vikander; ou o espectáculo de teatro e música The Infamous Ramirez Hoffman (Teatro Tivoli), que será narrado por John Malkovich, uma peça adaptada do livro A Literatura Nazi nas Américas, do autor chileno Roberto Bolaño, onde Malkovich será acompanhado em palco por um trio musical de violino, piano e concertina.

LEFFEST. 10 a 20 de Novembro. Cinema Nimas, Teatro Tivoli, Centro Cultural Olga Cadaval e MU.SA – Museu das Artes de Sintra. Mais informação: www.leffest.com

+ Albano Jerónimo vai ser Havelange, o histórico presidente da FIFA, em série da Amazon

+ Black Panther vai ser uma mulher? É o que sugere o novo trailer

Últimas notícias

    Publicidade