Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Lisboa é o município mais sustentável em Portugal

Lisboa é o município mais sustentável em Portugal

Publicidade

Os dados são do Rating Municipal Português (RMP), apresentado esta terça-feira pela Ordem dos Economistas na Fundação Calouste Gulbenkian.

Foi a primeira vez que o RMP analisou o factor sustentabilidade (num total de 25 indicadores), uma das palavras que tem estado em destaque no léxico nacional.

Os dados são de 2018 e abrangem os 308 municípios portugueses. Em termos globais, Lisboa aparece no topo do RMP, enquanto a cidade do Porto ocupa a segunda posição, seguida de Oeiras. Na outra ponta do ranking encontra os municípios de Celorico da Beira (o pior), Góis, Alijó, Pampilhosa da Serra e Mourão. Mas mesmo Lisboa, o município mais sustentável, tem margem para melhorar os indicadores em que está pior, como é o caso da sustentabilidade financeira.

Apesar de concluir que os municípios de grande e média dimensão apresentam melhores comportamentos ao nível da sustentabilidade, Vila Nova de Gaia, Seixal e Barcelos aparecem mal classificados. Por outro lado, Sines é o município pequeno mais sustentável.

A governação municipal, o serviço aos cidadãos, o desenvolvimento económico e social e a sustentabilidade financeira foram os principais pontos analisados para esta avaliação que contou com a participação de académicos internacionais, do Tribunal de Contas, da DGAL – Direção Geral das Autarquias Locais, da IGF – Inspeção Geral de Finanças, da ANMP – Associação Nacional de Municípios Portugueses, do TIAC – Transparência e Integridade, entre outras entidades.

+ As lojas e marcas sustentáveis em Lisboa que tem de conhecer

+ 22 restaurantes sustentáveis em Lisboa

Share the story
Últimas notícias
    Publicidade