A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Exposição mascotes olímpicas
©DR

Mascotes olímpicas em exposição no Museu do Oriente

No dia em que arrancam os Jogos Olímpicos no Japão, o Museu do Oriente inaugura uma exposição temporária que recorda as mascotes olímpicas desde os 60s até hoje.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

A origem dos olimpíadas remonta à Grécia Antiga e os Jogos Olímpicos modernos nasceram em 1896, mas foi apenas em 1968 que as famosas mascotes passaram a fazer parte da imagem de cada edição, mais concretamente nos Jogos de Inverno de Grenoble. Desde então, as personagens reunidas desde sexta, 23, no Museu do Oriente, tornaram-se símbolos identitários das respectivas cidades e regiões.

Mascotes Olímpicas - de talismãs a símbolos de identidade
©DR

A exposição “Mascotes Olímpicas – de talismãs a símbolos de identidadefoi concebida pela Academia Olímpica de Portugal, que reuniu peças de colecções particulares e institucionais, para retratar meio século de criativas mascotes na história das olimpíadas. O acervo, complementado por textos e filmes protagonizados por estas personagens, vai ficar patente até 19 de Setembro.

Miraitowa
©DRA mascote Miraitowa

Presente na exposição encontra-se a mascote dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que decorrem de 23 de Julho a 8 de Agosto, um robô chamado Miraitowa, uma junção das palavras “mirai” (futuro) e “towa” (eternidade). Segundo a descrição no site oficial dos jogos, Miraitowa tem uma personalidade inspirada no provérbio japonês “aprenda com o passado e desenvolva novas ideias”, é alegre, atlética e íntegra. E tem o super-poder de se teletransportar para qualquer lugar.

Museu do Oriente. Avenida Brasília, Doca de Alcântara (Norte). Ter-Dom 10.00-18.00, Sex 10.00-20.00. Entrada livre.

+ Leia grátis a edição digital da Time Out Lisboa desta semana

+ Edis One e Pariz One desenham mural de homenagem ao futebol em Benfica

Últimas notícias

    Publicidade