A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar

Nos Globos de Ouro deste ano os prémios foram para todos

Por
Luis Filipe Rodrigues
Publicidade

Foi uma noite de surpresas. A cerimónia de entrega dos Globos de Ouro, que decorreu domingo à noite em Beverly Hills, não teve um claro vencedor. Talvez Green Book – Um Guia Para a Vida, de Peter Farrelly, que levou para casa três prémios numa noite em que nenhum outro filme ou série recebeu mais do que dois Globos de Ouro e alguns dos favoritos, como Vice, de Adam McKay, ou Assim Nasce Uma Estrela, de Bradley Cooper, conquistaram apenas uma estatueta.

Green Book – Um Guia Para a Vida foi considerado o melhor filme cómico ou musical pela Imprensa Estrangeira de Hollywood. Venceu também na categoria de melhor argumento e o co-protagonista Mahershala Ali foi escolhido como o melhor actor secundário.

Já o melhor filme dramático foi Bohemian Rhapsody, o biopic de Freddie Mercury e dos Queen realizado por Bryan Singer e Dexter Fletcher. E Rami Malek, que encarnou Freddie Mercury, foi votado o melhor actor num filme dramático. Roma, de Alfonso Cuarón, também levou para casa dois prémios: melhor realizador e melhor filme estrangeiro.

Outro dos vencedores da noite foi Christian Bale, eleito melhor actor num filme cómico ou musical pela sua interpretação do político republicano e ex-vice presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, em Vice. No discurso de aceitação, Bale agradeceu "ao Diabo" pela inspiração para interpretar Cheney, que descreveu como "um idiota sem carisma".

Glenn Close levou para casa outro dos principais prémios. A veterana intérprete americana foi considerada a melhor actriz num filme dramático, pelo seu papel em A Mulher, enquanto Olivia Colman, a protagonista de A Favorita (The Favourite), foi escolhida a melhor actriz num filme cómico ou musical. A melhor actriz secundária foi Regina King, que entra em Se Esta Rua Falasse (If Beale Street Could Talk).

Na televisão, os Globos também foram distribuídos irmãmente. As únicas séries distinguidas com dois prémios foram O Método Kominsky (que venceu nas categorias de melhor série cómica e musical e melhor actor numa série cómica ou musical, para Michael Douglas), disponível na Netflix, e American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace (com prémios para melhor série limitada ou telefilme e melhor actor numa série limitada ou telefilme, para Darren Criss) que passou há uns meses na FOX Life e chega ao Netflix a 18 de Janeiro.

The Americans, mais uma produção disponível integralmente na Netflix, foi considerada a melhor série dramática do ano que passou. Sandra Oh, que apresentou a cerimónia, conquistou a estatueta de melhor actriz numa série dramática, fazendo história ao tornar-se na primeira asiática a vencer duas vezes um Globo de Ouro. A actriz, que em 2006 foi coroada pelo seu papel em Anatomia de Grey, foi agora premiada pela sua prestação em Killing Eve.

Eis a lista completa dos premiados.

Filmes

Melhor filme dramático
Bohemian Rhapsody

Melhor filme cómico ou musical
Green Book – Um Guia Para a Vida

Melhor actor num filme dramático
Rami Malek, Bohemian Rhapsody

Melhor actriz num filme dramático
Glenn Close, A Mulher

Melhor actor num filme cómico ou musical
Christian Bale, Vice

Melhor actriz num filme cómico ou musical
Olivia Colman, A Favorita

Melhor actor secundário
Mahershala Ali, Green Book – Um Guia Para a Vida

Melhor actriz secundária
Regina King, If Beale Street Could Talk

Melhor realizador
Alfonso Cuarón, Roma

Melhor argumento
Nick Vallelonga, Brian Currie, Peter Farrelly, Green Book – Um Guia Para a Vida

Melhor filme de animação
Homem-Aranha: No Universo Aranha

Melhor filme estrangeiro
Roma

Melhor banda sonora original
Justin Hurwitz, O Primeiro Homem na Lua

Melhor canção original
"Shallow", Assim Nasce Uma Estrela

Televisão

Melhor série dramática
The Americans

Melhor série cómica ou musical
O Método Kominsky

Melhor actor numa série dramática
Richard Madden, Bodyguard

Melhor actriz numa série dramática
Sandra Oh, Killing Eve

Melhor actor numa série cómica ou musical
Michael Douglas, O Método Kominsky

Melhor actriz numa série cómica ou musical
Rachel Brosnahan, The Marvelous Mrs. Maisel

Melhor série limitada ou telefilme
American Crime Story: O Assassinato de Gianni Versace

Melhor actor numa série limitada ou telefilme
Darren Criss, "The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story"

Melhor actriz numa série limitada ou telefilme
Patricia Arquette, Escape at Dannemora

Melhor actor secundário
Ben Whishaw, A Very English Scandal

Melhor actriz secundária
Patricia Clarkson, Sharp Objects

+ As melhores séries de 2018

+ Os melhores filmes de 2018

Últimas notícias

    Publicidade