A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Healthy V.
Gabriell Vieira

Nos pratos arco-íris do Healthy V., a cor que sobressai é o verde

O novo restaurante de comida saudável do Príncipe Real é vegetariano e maioritariamente vegan. Abriu há pouco mais de um mês e parece despertar a curiosidade de que quem por lá passa.

Escrito por
Teresa David
Publicidade

O coração do Príncipe Real está mais verde e não é por causa do futebol. O Healthy V. instalou-se na rua da Escola Politécnica, no espaço onde estava antes o Naked,  para servir pequenos-almoços, almoços e jantares saudáveis, vegetarianos e maioritariamente vegan.

O responsável pela idealização do espaço, que abriu há pouco mais de um mês, é João Gouveia. O empresário foi inspirado pela própria família, que tem vindo a incluir menos carne nas suas refeições, procurando alternativas. "O conceito é vegetariano e vegan. O V. é mesmo isso. Apesar de lutarmos muito para não ter produtos de origem animal, às vezes é difícil. Temos muitos produtos vegan, mas alguns não, por exemplo, o iogurte para as panquecas. Mas tentamos sempre encontrar soluções. Acredito que somos 99,9% vegan", afirma.

Healthy V.
Gabriell Vieira

Com duas esplanadas, uma virada para a rua e outra no beco ao lado, e um interior espaçoso com uma decoração boho minimalista, o Healthy V. já mostra sinais de sucesso no pós-pandemia. O restaurante parece despertar a curiosidade de quem por ali passa e que acaba a parar para conhecer a carta. "Estamos numa zona muito movimentada, as pessoas gostam do espaço, entram e depois gostam da comida", conta o responsável. 

Healthy V.
Gabriell Vieira

E falando de coisas boas, das propostas da chef Sílvia Santos destacam-se pratos coloridos como a tartine de portobello assado, hummus, espinafres salteados e sementes tostadas (10€); o hambúrguer de feijão encarnado com maionese vegan e redução de ananás (10€); ou a bowl de beringela assada em miso e noodles de arroz (9,50€). Para terminar a refeição, há sobremesas como crumble (4,5€), tarte de chocolate (4€), entre outras. 

Healthy V.
Gabriell Vieira

Além das opções para almoço e jantar, é possível pedir bagels (6,5€), croissants (1,30€-1,85€, consoante o recheio), panquecas (6€), bowl de iogurte, fruta e granola (6€) e muito mais. "Já estamos a ter uma grande aceitação ao pequeno-almoço, o que é bom", garante. 

Igualmente recheada é a carta das bebidas. Há smoothies de vários sabores (3€-4€), kombucha (4€), cervejas artesanais (4,20€-4,30€) e vinhos biológicos para beber a copo (4€-5€) ou a garrafa (15€-25€).

Healthy V.
Gabriell Vieira

O Healthy V. tem ainda a particularidade de torrar o café na própria loja. O chamado roastelier, que resulta de uma parceria com a Nescafé, permite aos clientes torrar e moer lotes de café de especialidade no momento.

Healthy V.
Gabriell Vieira

Além da Nestlé, o restaurante colabora com a Casca Wines, com Aquela Kombucha e com a Gleba, que fornece o pão. "O objectivo é ir angariando bons parceiros que nos ajudem a crescer. Agora fizemos uma parceria também com umas cervejas artesanais que são fantásticas", explica o proprietário. 

Não faltam projectos para um futuro próximo. A zona do beco "ainda vai sofrer algumas alterações: alguns arranjos com flores e uma espécie de lounge". Também a carta das bebidas vai sofrer alterações, com a adição de cocktails. "Outra coisa gira que queremos fazer é um Healthy V. Market. Vamos fazer uma pequena mercearia, com produtos que vendemos aqui", acrescenta. 

R. da Escola Politécnica Número 87. Dom-Qua até às 21.00 e Qui-Sáb até às 23.00. 

Nunca a Casa Nepalesa fez tanto jus ao nome

No Hen.tai da Amadora, só a comida é pornográfica

Últimas notícias

    Publicidade