Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right Novos sinais indicam a distância a pé para locais de interesse
Notícias / Vida urbana

Novos sinais indicam a distância a pé para locais de interesse

Sinalética Eixo-Central
Duarte Drago

Agora só se perde na zona das Avenidas Novas quem quer. Ou for distraído. A nova sinalética do Eixo Central dá-lhe os nomes, os números e os locais de interesse.

Ajuda a poupar a bateria do telemóvel a quem anda à nora de GPS na mão e a poupar tempo a quem nos visita. O eixo formado pela Avenida da República, Praça Duque de Saldanha e Avenida Fontes Pereira de Melo foi o alvo desta iniciativa da Câmara Municipal de Lisboa que, em parceria com a Associação Turismo de Lisboa, instalou novos sinais para a navegação andar menos perdida.

sinaletica eixo central

Fotografia: Duarte Drago

Financiada pelo Fundo de Desenvolvimento Turístico de Lisboa, o projecto introduz algumas novidades nos sinais de trânsito, principalmente para quem anda a pé. A azul estão indicados os nomes das ruas, com a respectiva numeração; e a vermelho os locais de interesse ou pontos turísticos das imediações, como é o caso da Estação Ferroviária de Entrecampos, o Hospital Curry Cabral, a Fundação Calouste Gulbenkian, o Pavilhão Carlos Lopes ou o Jardim do Arco do Cego.

sinaletica eixo central

Fotografia: Duarte Drago

Esta sinalética teve por referência um sistema idêntico existente tanto na Alta de Lisboa como no Parque das Nações e o objectivo passa por “permitir às pessoas uma percepção mais fácil e intuitiva do espaço”, lê-se numa nota enviada à comunicação social que também faz referência à recente requalificação e ampliação da zona pedonal desta zona da cidade.

+ O melhor das Avenidas Novas

+ Assembleia Municipal de Lisboa aprova mais regras para as trotinetas

Publicidade
Publicidade