A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
We Were Floating High
DRWe Were Floating High

O aquecimento para o IndieLisboa 2021 faz-se na Casa do Capitão

Antes do início da 18.ª edição do festival, que se vai realizar entre 21 de Agosto e 6 de Setembro, há cinema para ver e música para ouvir no terraço do Hub Criativo do Beato.

Escrito por
Luís Filipe Rodrigues
Publicidade

A 18.ª edição do IndieLisboa vai finalmente realizar-se entre os dias 21 de Agosto e 6 de Setembro. Mas antes, na sexta-feira 13, há uma festa de aquecimento na Casa do Capitão, o pop-up da CTL no Hub Criativo do Beato.

O pontapé de partida vai ser dado às 18.30, por Solar Corona Elektrische Maschine, no terraço. O colectivo barcelense é o protagonista de Caudal, documentário de Luís Sobreiro em competição na secção IndieMusic.

Pouco depois, pelas 19.30, na Fábrica do Pão da Casa do Capitão, há um concerto de First Breath After Coma, banda leiriense representada em We Were Floating High, de Tiago Gomes, outro dos competidores da mesma secção.

De volta ao terraço da Casa do Capitão, os quatro programadores do IndieMusic – Carlos Ramos, Filipa Henriques, Helena César e Mário Lopes – mais Cláudia Guerreiro, dos Linda Martini, giram discos entre as 20.30 e as 23.00.

A festa continua pela noite dentro, ao som de uma playlist composta pelas bandas e artistas que se encontram em destaque nos filmes nacionais e internacionais da secção melómana do IndieLisboa.

Os bilhetes para este warm-up podem ser adquiridos no site da Casa Capitão. Os concertos de Solar Corona Elektrische Maschine e First Breath After Coma custam, respectivamente, 6€ e 8€. É preciso pagar mais 3€ para assistir ao DJ set dos programadores do IndieMusic.

+ FUSO 2021: festival de videoarte regressa a Lisboa no final de Agosto

+ Primeiro Soundflower Fest traz Hercules and Love Affair a Portugal

Últimas notícias

    Publicidade