A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Corredor Verde de Alcântara
Fotografia: Mariana Valle LimaParte do mural de OzeArv

O Corredor Verde de Alcântara ganhou outras cores com a ajuda do artista urbano OzeArv

OzeArv volta a pintar um mural na cidade de Lisboa, desta vez num túnel junto ao Parque Urbano da Quinta da Bela Flor. A obra que vai ligar o Monsanto e o Tejo ainda não terminou.

Escrito por
Renata Lima Lobo
Publicidade

A Câmara Municipal de Lisboa, através da Galeria de Arte Urbana, lançou o desafio ao artista urbano OzeArv – nome artístico de José Carvalho – de pintar um mural no túnel construído para ligar o Parque Urbano da Quinta da Bela Flor à Avenida de Ceuta, por debaixo da linha férrea. Um túnel que integra o Corredor Verde do Vale de Alcântara, plano municipal apresentado em 2016 que tem por objectivo a criação de uma ligação pedonal e ciclável entre o Parque Florestal de Monsanto/ Parque Eduardo VII e o rio Tejo. Mas que ainda não está terminado.

Uma das peças chave desse plano, mas que ainda falta iniciar, é precisamente a transformação da Avenida de Ceuta, onde desemboca este túnel, que passará a ter uma faixa dedicada aos transportes públicos ou mesmo um curso de água, mais concretamente o caneiro de Alcântara, antiga ribeira que voltará à superfície. Enquanto isso não acontece, o túnel, concluído o ano passado, já merece uma visita.

Corredor Verde de Alcântara
Fotografia: Mariana Valle Lima

O trabalho de OzeArv é conhecido por representar elementos naturais, como vegetação e animais, e neste caso em particular inspirou-se nos elementos da terra e da água. As cores verde e azul estão em destaque no interior do túnel, enquanto que as paredes da entrada estão pintadas com motivos a preto e branco. “Na pintura do túnel e respetivos acessos, para permitir a leitura do faceamento dos muros de entrada, acentuaram-se as faces, uma vez que a introdução de desenhos iria atenuar o efeito original do desenho arquitetónico e retirar força ao carácter escultórico do projeto. A cor foi introduzida apenas no túnel, para reforçar o contraste com as paredes facetadas a preto e branco da entrada”, explica o município em comunicado.

Corredor Verde de Alcântara
Fotografia: Mariana Valle Lima

Um dos trabalhos mais recentes em Lisboa de OzeArv mora na Graça. Um mural gigante intitulado “Fado Tropical em Tons RGB”, junto às ruas Natália Correia e Josefa de Óbidos, distinguido pela Street Art Cities, a maior comunidade global de arte urbana, como um dos 100 murais de arte urbana mais populares de 2021. 

+ Siga este roteiro de arte urbana em Lisboa

+ Bordalo II inaugura exposição a solo. E é de entrada livre

Últimas notícias

    Publicidade