A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Alfama
Fotografia: Manuel MansoAo todo, são 18 os espaços do bairro que aderiram à iniciativa

O fado voltou a morar a Alfama

Iniciativa da Associação de Comerciantes do Bairro de Alfama e da Câmara de Lisboa convida mais de 150 artistas a voltarem a algumas das casas mais icónicas do bairro.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

O fado está de regresso a Alfama. Até ao mês de Julho, mais de 150 artistas vão dar vida e música a 18 espaços do bairro, depois de um longo período sem actividade. Ao todo, são 32 noites de fado repartidas por diferentes pontos do bairro, sem entrada nem consumo mínimo.

A iniciativa “O Fado Mora em Alfama”, da Associação de Comerciantes do Bairro de Alfama, surge da necessidade de “preservar o que temos como património cultural mais importante do nosso país e manter o bairro de Alfama com vida”. O projecto, que está em curso desde o início do mês, conta também com o apoio da autarquia lisboeta.

Alguns estabelecimentos conhecidos do bairro como A Baiuca, A Fama de Alfama, Tasca do Jaime, São Miguel d’Alfama ou Portal de Alfama aderiram ao movimento que voltou a pôr os músicos na rua e fez soar o “fado em várias portas, a todos os dias da semana”.

+ Um roteiro do fado em Lisboa

+ Paragens obrigatórias em Alfama

Últimas notícias

    Publicidade