A Time Out na sua caixa de entrada

Procurar
Cruela
Disney+

O futuro veste cabedal: as novas imagens de Emma Stone em ‘Cruela’

Com estreia em sala prevista para Maio, a Disney levanta um pouco mais o véu à prequela de ‘101 Dálmatas’.

Por
Sebastião Almeida
Publicidade

É, talvez, uma das mais célebres vilãs do mundo do cinema. A egocêntrica Cruela Devil, conhecida por querer raptar cachorrinhos dálmatas para satisfazer uma obsessão com casacos de pele, terá direito a um filme que conta as suas origens: Cruela. Esta terça-feira, a Disney revelou novas imagens do filme, que é protagonizado por Emma Stone (Ela é Fácil, La La Land: Melodia de Amor, A Favorita) e chega aos cinemas portugueses em Maio.

Cruela
DisneyEmma Stone veste a pele da vilã eternizada em '101 Dálmatas'

Cruela passa-se em Londres nos anos 1970, durante os tempos áureos do punk-rock, e dá a conhecer Estella, uma jovem “inteligente e criativa determinada a fazer vingar o seu nome através da moda”, revela uma nota de apresentação do filme. Depois de fazer amizade com um grupo de ladrões, vai vivendo nas ruas londrinas até que conhece a Baronesa von Hellman, “uma lenda da moda devastadoramente chique e assustadoramente elitista”, interpretada aqui por Emma Thompson.

Cruela
DisneyEmma Thompson é a Baronesa von Hellman

A sua relação acaba por não ser a melhor e Estella resolve abraçar “o seu lado mais perverso” e tornar-se numa “elegante e vingativa cruela”. Realizado por Craig Gillespie e produzido por Andrew Gunn, conta com a figurinista vencedora de dois Óscares Jenny Beavan a dar vida às roupas extravagantes que serão vistas no filme.

Em Fevereiro, quando a Disney revelou o primeiro trailer (ver abaixo) e o poster do filme, as imagens provocaram a reacção dos anarquistas norte-americanos, aos quais a personagem era associada através de um dos mais conhecidos símbolos do movimento (o A maiúsculo rodeado por um O). Os princípios do colectivismo, do anti-capitalismo e a importância dada a todas as formas de vida são fundamentais para anarquistas, sublinhou ao Daily Beast uma porta-voz do colectivo nova-iorquino Metropolitan Anarchist Coordinating Council, e isso contrasta em absoluto com todos os traços de personalidade desta vilã.

+ As melhores séries no Disney+

+ Disney+: tudo sobre o catálogo Star

Últimas notícias

    Publicidade