Global icon-chevron-right Portugal icon-chevron-right Lisboa icon-chevron-right O jazz regressa ao jardim do Goethe em Julho
Notícias / Música

O jazz regressa ao jardim do Goethe em Julho

Jazz im Goethe-Garten
©Carlos Porfírio

É o evento ideal para se inteirar das novas tendências do jazz europeu e música de improviso, numa série de concertos que tem como palco o jardim do Goethe-Institut. Este ano acontece entre 3 e 12 de Julho.

O Jazz im Goethe-Garten 2019, ou JiGG, com a direcção artística de Rui Neves (também responsável pelo o Jazz em Agosto da Gulbenkian) já está desenhado.

A 15ª edição começa como manda a tradição: com um grupo português. Este ano são os Cat In a Bag que abrem as hostes, um grupo composto por três membros dos Slow is Possible – Bruno Figueira (saxofone alto), João Clemente (guitarra eléctrica) e Duarte Fonseca (bateria) – e pelo baixista João Lucas.

A terminar, e como de costume, sobe ao palco uma formação alemã. O concerto de encerramento, dia 12 de Julho, estará a cargo dos PHILM do saxofonista Philipp Gropper. Pelo meio pode ouvir o suíço Dave Gisler Trio (4 de Julho), os Synesthetic 4 do clarinetista austríaco Vincent Pongracz (5 de Julho), o baterista João Lencastre com o saxofonista catalão Albert Cirera (10 de Julho) e o italiano Ghost Trio (11 de Julho).

Todos os concertos estão marcados para as 19.00 e o preço do bilhete é de 5€ (os alunos do Goethe-Institut, reformados e estudantes pagam apenas 3€). E à margem da música é possível provar algumas especialidades alemãs no restaurante do jardim.

Campo Mártires da Pátria, 37. Dias 3, 4, 5, 10 e 11 de Julho. 5€

+ A ópera que inaugurou o São Luiz está de volta 125 anos depois com entrada grátis

+ A Musa está de parabéns e a primeira festa é já no sábado

Publicidade
Publicidade

Comentários

0 comments